Warning: mysqli_set_charset(): Error executing query in /var/www/html/projecaoastral.com/web/wp-includes/wp-db.php on line 806
Soldados Romanos :
Warning: array_merge(): Argument #2 is not an array in /var/www/html/projecaoastral.com/web/wp-content/plugins/wp-pagenavi/scb/Options.php on line 62
"O QUE PROJEO ASTRAL?
Todas as noites, nossa conscincia deixa de se manifestar no corpo fsico e passa a se manifestar livremente num universo infinito de coisas fantsticas e maravilhosas... Habituada a esta situao, nossa conscincia anseia por se libertar desligando-se instantaneamente de um crebro fsico preso a crendices, medos, condicionamentos e limitaes Entretanto, quando a pessoa comea a se libertar de suas "barreiras" e a transcender a si mesma, tambm comea a ocorrer um fenmeno conhecido por diversos nomes: projeo astral, projeo da mente, desdobramento espiritual, projeo da conscincia, sair consciente do corpo fsico, experincia fora do corpo (EFC), viagem astral, etc. Porm, para mim, que vivencio este fenmeno todas as noites, passei a consider-lo como um estado de "CONSCINCIA EXPANDIDA", atravs do qual, posso pesquisar, investigar, analisar, realizar experincias, etc..."

Soldados Romanos

Hoje (13/10/2002), domingo tarde, deitei-me e tentei uma projeo. Deitei de barriga para cima e provoquei o EV. Sempre comeo o formigamento pelos ps, at quando chega a cabea, ento consigo libertar-me do corpo fsico. Gosto desta forma, eu estou habituado a ela. Passo a relatar o que aconteceu:

Fui literalmente “sugado” para dentro de uma situao onde eu estava ao lado de um comandante do exrcito romano que se rebelara, havamo-nos convertido ao cristianismo.

Este comandante apesar de estar com aparncia diferente era o mesmo (eu o reconheci no sei como) que foi meu chefe no trabalho durante aproximadamente uns cinco anos na minha atual encarnao.

Eu era o subcomandante, s que o nosso exrcito foi rodeado num desfiladeiro composto por pedras e muita areia, por outro exercito umas cinco vezes maior. Usvamos o mesmo uniforme vermelho, com capas vermelhas, parecia o exercito romano. No tnhamos nenhuma chance, porem isso no intimidou meu comandante que empunhou a espada para o enfrentamento.

Antes que eu pudesse fazer qualquer coisa, vi estupefato que um dos outros subcomandantes do outro grupo vieram a cavalo enfrentar meu comandante e decepou-lhe a cabea num golpe com a espada. Meu comandante era um bom guerreiro e lutava muito bem, porem, creio de devido a sua idade mais avanada no teve chance diante da juventude e destreza do outro.

Tudo aconteceu muito rpido, porm, movido pelo impulso de vingana e lealdade ao meu comandante atirei minha espada nas costas do agressor matando-o em cima do seu cavalo. Imediatamente fui rodeado pelo outros guerreiros do outro grupo. Eram todos meus amigos e companheiros, ramos todos do mesmo exrcito, porem estvamos em lado diferente naquele momento. Eu sabia que estava condenado e que deviam morrer, eles tambm.

Decidiram instantaneamente que eu deveria morrer em luta contra eles em determinado ritual antigo que j conhecamos. Um deles jogou-me sua espada e uma capa cinza que estava marcada simbolicamente e fora usada em outra luta que ns todos tnhamos participado, aquela capa tinha um significado especial para ns. Eu ia ter que enfrentar trs guerreiros que eram to bons na espada quanto eu; eles eram meus amigos, porem naquele momento ns estava em lados opostos e eu sabia que ia morrer de espada na mo lutando contra eles, naquele ritual honroso, porm, fatal.

No me vi morrer, a emoo da cena era muito forte e fui “sugado” novamente para o fsico, acabando a experincia. Tive a sensao de ter reconhecido um daqueles soldados (centuries) como sendo um atual advogado meu amigo que mora no Paran. Isto talvez explique o porqu de termos ficado to amigos com to pouca convivncia na existncia atual.

Terminei a experincia com a ntida impresso de que muitas das pessoas que esto convivendo ao nosso lado sejam familiares, vizinhos, amigos, colegas de trabalho, geralmente j foram nossos amigos em outras encarnaes. Talvez por isso meus mentores ou amparadores provocaram esta lembrana/experincia.


Artigos Relacionados

  • »
  • »
  • » Formas de Acesso ao Passado
  • » Passado e Futuro
  • 25 Comentarios Até agora

    1. Alexandre disse:

      Servi no exrcito romano. Fico sempre “antenado” quando leio ou vejo documentrios ou filmes sobre ROMA antiga, embora as reconstituies de poca nem sempre sejam fiis ao que acontecia.

    2. MARCIA disse:

      Roberto…Pesquisando sobre regressao a vidas passadas encontrei seu blog.Fao projeoes astrais, com videncias e premonioes,recentemente tb sonhei com um guerreiro romano semelhane ao seu sonho. Detalhe tb sinto formigamento nos pes e nas maos como se fosse um aviso.Parabens pelo seu depoimento pois para mim foi de grande ajuda
      Marcia colares rio de janeiro

    3. ateu disse:

      Esse povo que acha que porque pode acessar o inconsciente coletivo dono de todas as conscincias. Tsc tsc… se assim eu fui o Elvis Presley , pronto falei. Ah , tambm fui Kratus , muito embora no saiba nem encostar numa espada direito .

      • Roberto Pineda disse:

        Ol Ateu
        Fico chocado quando vejo uma pessoa se definir como “ateu”
        Pois para mim, se trata de uma pessoa que no pensa, no enxerga, no sente, no percebe e no entende nada
        Alis, um “ateu” deve achar que a conscincia dele simplesmente surgiu do nada e pronto, simplesmente ele no pensa mais nisso

    4. Daniel disse:

      Ol Roberto!

      Muito interessante sua experincia. Eu j vivi uma lembrana de vida passada, na verdade a lembrana de um desencarne tambm, que foi num combate com espadas na era das guerras civis no Japo, mas no sabia que podia ser um desdobramento, ou projeo como falam… Tomei conhecimento disso recentemente, e de acordo com o que estudei nos livos espiritualistas que j li, ns e nossos afins estamos sempre nos reencontrando a cada experincia nesse plano e fora dele.

      Toro para que nessa vida no disperdicemos tempo com enfrentamentos como esse que eu e voc vivenciamos amigo!

      Um abrao!

    5. Hercules disse:

      tenho a curiosidade em desenvolver-me espiritualmente e conseguir fazer uma viagem astral. mas ouvindo os relatos, penso que nao quero que isso se torne uma coisa simples de se fazer, e a impressao que me da, ouvindo alguns comentarios, nao gostaria de me desapontar atualmente com os espiritualistas como em outras religioes, pois e a que eu mais me indentifico.tenho quase 50 anos, e confesso ainda ser um adolescente no assunto, nao quero ouvir oque eu quero, e sim oque eu preciso.obrigado pela ateno.

      • Roberto Pineda disse:

        Ol Hrcules

        Projeo simples percepo

        E a percepo lhe proporciona entendimento, pois voc mesmo pode fazer experincias, comprovar, observar e aprender, sem dependncias de nada e de ningum

      • Caro Hrcules:
        Voc est com medo, certo? Pois ento aceite este conselho: trate de enfrentar o medo, ele possivelmente o maior empecilho em sua evoluo espiritual.
        No tenha medo, procure fazer aos outros o que gostaria que fizessem com voc. Voc s atrai para si aquilo que voc de fato.
        Voc afirmou que no quer que viagem astral se torne algo fcil de ser realizado por voc. Jamais volte a dizer isso novamente. Esforce-se para realizar viagem astral, pois ela uma ferramenta fundamental para obtermos conhecimentos e poder ajudar outras pessoas.
        Vou completar 51 anos em outubro/2012 e tambm nunca consegui fazer viagem astral com lucidez. Talvez por falta de maior empenho de minha parte. Mesmo assim no desisto, sei que um dia conseguirei.
        No desanime, no tenha medo; estude muito, depois pratique as tcnicas, e talvez um dia nos encontremos no astral. Desejo-lhe tima jornada evolutiva.

        • Rafael Fernandes disse:

          Estava eu em uma noite sozinho em casa, tive curiosidade de aprender a fazer uma viagem astral, pesquisei na internet, vi alguns passos, talvez eu nao estava preparado ou sentia medo, tentei algumas vezes, mas depois desistir.
          E outro dia fiquei sozinho em casa novamente, ja era noite, deitei me, fui fazer tentar ir a viagem astral novamente, quando deitei-me, fiz passo a passo, sentir coisas tipo formiga, no meu corpo todo, e tive medo e nao pude seguir..mas assim que estiver mais encorajado talvez, eu tente e acerte, sem medo ..

    6. junior disse:

      como fazer uma projeao astral, acho que fao isso toda noite mas sem consciencia, gostaria de fazer conscientemente, sabendo que estou fazendo-a, min ajudem a min projetar de forma correta ok…todas as noites sonho que estou flutuando por cidades e regioes desconhecida, matas e casas, mas nao sei ao certo se e projeao astral acho que seja..min ajudem a min projetar ok obrigado….

    7. Nelson Henrique Salermo disse:

      Meu Caro. Vim conhece-lo atravs de uma amiga, Eu tenho sonhado com situaes que me parecem reais em todos os sentidos, sonho com pessoas que j se foram, sonho com um cemitrio que nunca o conheci em estado fsico mais em espeito lhe dou detalhes e no sei onde fica, sonho com ele deste criana hoje tenho 48 anos, vejo vultos, sejo pessoas s no ouo vozes, vejo em relance, meus sonho esto ficando mais vivos do um simples sonhar, parece que vivo em outra vida apos Eu dormir, Vejo pessoas e conversos com elas, sinto cheiros, ando, canso, leio, e tambm uma mulher que sempre aparece no sonho s que no consigo perguntar-lhe o seu nome, e assim vai, o que me d surpresa que at dirigir carros com a mxima ateno e colocando o cinto de segurana, O que isso! E tambm sinto muita saudade de um tempo no passado e casas antigas e carros antigos. Eu nunca me interessei por isso no passado pois no tinha como Eu saber do fato, mas agora est mais frequente. peo sua ajuda. Me informe. Muito Obrigado, um forte abrao Nelson!

      • Roberto Pineda disse:

        Ol Nelson

        O que voc chama de sonhos, podem ser percepes do astral, que podem acontecer em variados nveis de conscincia e lucidez

        Eu tambm era atrado para determinado cemitrio, at descobrir que ali estava meu corpo de uma encarnao anterior

        Sugiro que voc continue lendo meu site e d continuidade as suas experincias e procure aprender com elas

    8. Leonardo Rocha disse:

      Ol Roberto,
      Encontrei o seu site hoje e estou lendo os posts, so incrveis,o tema hora em tela para mim muito interessante. Pois, me recordo de uns flashes de uma vida passada, na qual eu fui um soldado/guerreiro, no sei ao certo o meu posto nem quem eu representava, mas creio que eu e meu amigo ramos os melhores em combate pois estvamos em uma batalha contra o exrcito romano e s restou eu e esse meu amigo, os romanos depois de verem o que ns ramos capazes no ousaram nos enfrentar mano a mano, simplesmente eles foram nos cercando, e quando me dei conta estvamos cercados por dezenas, s nos restou a rendio, ento fomos levados vivos at Roma/ pelo menos eu acho e no me lembro muito bem, s me recordo que fomos jogados no calabouo (parecia um poo),paredes eram repletas de espadas/lminas cravadas, vi ali diversos corpos e esqueletos, creio que quando nos jogaram meu amigo se feriu ou j o jogaram praticamente sem vida e ao ver aquela situao eu no quis mais viver, subir pelas paredes do calabouo utilizando as espadas at colocar a cabea para fora para que me matassem e assim foi, me deram um golpe que minha cabea voou, cheguei a enxergar por alguns segundos depois do golpe e s. Tenho certeza absoluta que esse amigo que morreu comigo hoje o meu melhor amigo. Gostaria de lembrar mais, mas de vidas passadas s me foi permitido recordar dessa experincia. E por incrvel que parea, eu gosto muito da Itlia, sinto uma ligao.

      • Roberto Pineda disse:

        Ol Leonardo

        Eu entendo que no precisamos para permisso de ningum para acessar o passado

        Dependemos apenas de ns mesmos e da nossa prpria vontade

        Tenho um amigo que aprendeu a se concentrar e acessar qualquer dia da vida dele e v-lo novamente nos mnimos detalhes

    9. Luis Moraes disse:

      Acho muito interessante suas postagens , ento aproveitar que estava falando de vidas passadas eu vou falar dois “sonhos” que eu tive quando tinha em torno de 9-10 anos o primeiro que eu tive foi que eu estava levitando num lugar totalmente escuro mesmo , posso ate dizer que pareia um nada ai derrepente olhei para trs e vi o que pareia uma caveira pegando em minha bunda , agora para min engraado mas naqueles dias foi meio que assustador e contrangedor kkk.
      O segundo sonho foi bem real , eu estava correndo numa floresta escura com arvores meio secas , na verdade no deu para destinguir pois eu estava correndo e no deu pra ver direito. Continuando , eu estava correndo e para sempre em uma arvore alta e eu sentia minha perna travar e olhava para trs e uma coisa me atacava , como era um sonho eu deduzi que fosse um lobisomem ou um lobo acho que estava mais pra lobo ento tudo se apagava e eu acordava isso se repetiu por umas 3 vezes mesma cena mesmo lugar onde eu parava , eu no sei se fao projeo por agora … hoje eu tentei fazer e consegui meio que tirar o brao mas fiquei com medo e deixei quieto … tenho 14 anos e para min meio assustador.

      • Roberto Pineda disse:

        Ol Luis

        Sua idade pouco importa, pois eu me projeto desde menino e nunca tive problemas com isso

        No tenha medo de nada, pois ningum no astral pode nos fazer mal

    10. isabella disse:

      ol Roberto eu gostaria muito de conversar com voc,voc tem um email qual eu possa me comunicar com voc? um assunto no um comentrio por isso que no posto por aqui,aguardando respostas.
      obrigada

    11. isabella disse:

      Ol Roberto!
      Voc j teve oportunidade visitar o passado em lugares onde seu deu os grandes acontecimentos da histria? Como por exemplo, a poca de Revoluo Francesa, Segunda Grande Guerra, etc?


    ENCONTRO COM AMIGO E

    Hoje (03/03/2022) encontrei no astral um amigo ...

    NO METR : COMO UMA

    Achei interessante postar este relato, pois isso ...

    ENCONTRO COM FAMILIA

    Esta noite (05/02/2022) ...

    DEUS ACABOU DE CHEGA

    Hoje (28/12/2021) eu estava projetado ...

    UM ANJO NA PAREDE

    Ontem (10/11/2021) eu estava no ...