"O QUE É PROJEÇÃO ASTRAL?
Todas as noites, nossa consciência deixa de se manifestar no corpo físico e passa a se manifestar livremente num universo infinito de coisas fantásticas e maravilhosas... Habituada a esta situação, nossa consciência anseia por se libertar desligando-se instantaneamente de um cérebro físico preso a crendices, medos, condicionamentos e limitações Entretanto, quando a pessoa começa a se libertar de suas "barreiras" e a transcender a si mesma, também começa a ocorrer um fenômeno conhecido por diversos nomes: projeção astral, projeção da mente, desdobramento espiritual, projeção da consciência, sair consciente do corpo físico, experiência fora do corpo (EFC), viagem astral, etc. Porém, para mim, que vivencio este fenômeno todas as noites, passei a considerá-lo como um estado de "CONSCIÊNCIA EXPANDIDA", através do qual, posso pesquisar, investigar, analisar, realizar experiências, etc..."

TRANSCENDER A SI MESMO

Todas as noites a consciência de cada um se manifesta no astral, independente de você querer ou não, pois sua consciência não fica inconsciente nunca, mas sim, necessita se manifestar em algum lugar, geralmente de acordo com suas vibrações e sintonias.

Por isso, quando seu corpo físico dorme, sua consciência sai por ai e relaxa, desfrutando de um ambiente a que está habituada desde há muito.

Desperto no astral todo mundo é

Basta um simples cochilo para a consciência se manifestar no astral

A questão é começar a perceber isso com o cérebro físico e aos poucos assumir o controle

O corpo físico geralmente tem vibrações densas que impedem a percepção do astral

Por isso é necessário procurar desenvolver e manter um “padrão vibratório” adequado. Boas vibrações de forma continuada ajudam a sutilizar seu estado no físico

Além disso, para que a projeção aconteça é necessário reunir um conjunto de coisas que variam de pessoa para pessoa.

Algumas necessitam transcender seus medos, receios, crendices.

Outras necessitam desenvolver um maior autocontrole

Outras necessitam se desprender da cultura de dependências, subserviência, e submissão que estão profundamente arraigadas, passando a conduzir a si próprias e deixando de ser conduzidas por outros.

Outras necessitam se tornar mais questionadoras, usando o discernimento, o racional, a lógica, o bom senso, deixando de aceitar facilmente o que veem pela frente.

Outras necessitam ter mais autodeterminação, força de vontade, persistência.

E por ai vai…

Entretanto, não se impressione com a quantidade de coisas necessárias, pois muitas delas provavelmente já fazem parte de você, só basta ativá-las.

Você não depende de técnicas, nem de rituais.

Você não depende de mantras, nem de objetos.

Você não depende de amparadores.

Você não depende de suas vidas passadas.

Você não depende de nada nem de ninguém para se projetar, mas apenas de você mesmo.

Vibrações densas e condicionamentos obstruem a percepção e participação do seu cérebro físico em suas vivencias diárias no astral.

Procure entender que a acomodação é fácil, estamos habituados a “deixar pra lá” o que nos parece difícil ou complicado.

A sua consciência age da mesma forma… Diante de qualquer dificuldade ela muda o foco de atenção.

É difícil transcender a si mesmo, porém é possível.

 

Para aqueles que ainda tem dificuldades para se projetarem, segue aqui algumas dicas que poderão ajudar:

Discordo de alguns projetores que falam em exteriorização de energia dos chakras… Não temos que exteriorizar nada… não podemos exteriorizar o que não temos, ou que temos muito pouco…

Se eu exteriorizar energias, vou adentrar o astral enfraquecido, com pouca lucidez…
Temos é que interiorizar boas energias, usando elas para desprender cargas energéticas negativas acumuladas durante o dia.
Que fique bem claro que exteriorizar energias dos chakras, não tem nada a ver com exteriorizar, manifestar, exalar, sentir amor pelo próximo, pelas criaturas, pelas coisas a nossa volta (parece-me que em alguns cursos de projeção estão confundindo uma coisa com a outra).

 

TÉCNICA DO CORPO OCO:

Passe o dia se policiando… Mantenha os pensamentos e sua conduta dentro de padrões elevados…
À noite, ao deitar-se, tente sintonia com os planos mais altos…
Pense em Deus e peça a Ele permissão para projetar-se… (independentemente de seus credos ou religião, esta atitude o fará entrar em sintonia com vibrações mais elevadas )

Erga a cabeça para o alto… Mentalize uma luz vindo do alto, de Deus, como uma chuva fluídica que penetra em seu ser, limpando todas as impurezas…
(não tenha pressa nesse momento, considere-o o mais importante)

Deite-se, procure a posição mais confortável, geralmente é a mesma que você está acostumado para dormir.
Procure relaxar e não pensar em nada, apenas concentre-se no seu corpo…
Mentalize que seu corpo é oco por dentro, percorra seu corpo por dentro… (é uma sensação agradável, cuidado para não dormir…)

Essa atitude geralmente libera o que pode ser definido como estado vibracional ou formigamento… É o sinal verde para seu espírito se libertar do seu corpo físico…

Imagine estar entrando lentamente em uma piscina de água azul clara e seu corpo penetrando e sentindo esta água…

Isto, de certa forma, parece que “engana” nossa mente física, pois  a sensação tem certa similaridade com o entrar no astral,  facilitando o processo e a assimilação do ambiente astral.

Mantenha a mente quieta e aguarde… Se sentir que está “viajando a uma velocidade vertiginosa”, não se preocupe… Aguarde…

Daí para frente é por sua conta, vai depender das sintonias que você anda tendo e do seu autocontrole…
Lembre-se a conduta e os pensamentos elevados, alem de ajudar nas projeções, o afastará das regiões umbralinas e do ambiente mais denso, onde sua mente desacostumada poderá tomar como se fossem realidades as ilusões, as fantasias, as criações mentais, até mesmo criando diálogos e até dando vida a criações mentais que não são reais.

Lembranças, por exemplo, de nosso cérebro astral, podem ser “intercaladas” no nosso campo visual da mente física como se fossem realidades, daí a impressão que temos quando projetado de nossa casa ter mais quartos, mais salas, moveis diferentes, objetos diferentes e etc.

Normalmente um projetor leva muito tempo para aprender a discernir o que é real do que não é…

O astral é um ambiente sutil e delicado, por isso é  importante  você trabalhar o seu estado emocional / espiritual.

Você não pode entrar no mundo espiritual e frequentar regiões dulcíssimas e sublimadas com a sua consciência sobrecarregada, pois  ao sair do seu corpo, instantaneamente você poderá encontrar pela sua frente seres umbralinos ou então ficar preso num ambiente de criações mentais que pouco tem de realidade e utilidade. 

Por isso é muito importante que você prepare o ambiente de sua casa, de seu quarto e seu estado emocional / espiritual. 

Como fazer isto?
Comece por pensar somente em coisas boas.

Se alguém vier brigar ou discutir com você, apenas silencie, fique quieto e não retruque; diante do desequilíbrio, da agressão, da violência verbal ou física, a melhor resposta é o silencio e a
serenidade; mantenha a calma e a paciência.

Como diz a sabedoria antiga, temos dois ouvidos para ouvir e só uma boca para falar; escute as agressões verbais sem se envolver emocionalmente.
Sei que é difícil, porem você aprende.
Corrija seu comportamento, seja correto, honesto e digno.
Seja bom e gentil com seus semelhantes; cumprimente a todos, nunca perca a oportunidade de abraçar um amigo ou parente; beije o rosto das mulheres novas e velhas; nunca perca uma oportunidade de fazer o bem.
Procure gostar de todas as coisas, de todas as pessoas.

Procure entender o seguinte: a ciência já comprovou que todas as coisas são feitas de átomos e que os átomos são núcleos de energia; tudo o que existe no universo inteiro é feito de energia; não existe um único lugar onde não exista energia; de onde vem esta energia?
Só pode vir de Deus; então se conclui que tudo o que existe é composto pela energia divina; por isso Deus é onipresente e onipotente, isto é, Ele está em tudo e Ele pode tudo, pois tudo existe Nele, faz parte Dele.

Não poderia ser de outra forma, pois então Ele não seria Deus.

Baseado nisto, abra seu coração, ame profundamente tudo e todas as pessoas.
Quando você começar a se emocionar e chorar por qualquer coisa, você estará supersensível e então começará a sentir uma doçura dentro de você, esta doçura será o indicador de que você está entrando em sintonia com regiões dulcíssimas e sublimes e portanto pronto e livre para se projetar e frequentar colônias espirituais, onde poderá fazer cursos, assistir palestras com mentores de elevada estirpe, ter acesso a ampla biblioteca de conhecimentos universais.
Seu coração lhe mostrará a melhor técnica para se projetar.

Procure entender que nossa consciência é formada pela essência divina, que temos ligação íntima e instantânea com Deus, não dependemos de qualquer religião ou conhecimento para isso, use apenas o seu coração; é como se você falasse “Deus?” e Ele respondesse “Sim, meu filho?”

_____________________________

Quando se fala em projeção, as pessoas normalmente acham que é um “bicho de sete cabeças” não é! Existem outros caminhos para uma projeção consciente…

Tente este:

Geralmente todas as pessoas quando dormem liberam seu espírito para atividades no astral.
O espírito liberto do corpo físico, procura coisas e atividades de seu interesse.
Nossa mente física está programada para não se lembrar dos “sonhos” ou atividades do nosso espírito durante o sono físico.

Procure todos os dias ao despertar ficar pelo menos cinco minutos pensando no que “sonhou”.
Caso ache necessário, deixe um papel e caneta ao lado de sua cama para anotar todos os seus “sonhos” ao despertar.
Isto fará com que sua mente passe a aceitar como “normal” o fato de você lembrar-se de seus “sonhos”

Numa segunda etapa, habituando-se e com a aceitação das lembranças de seus “sonhos”, você normalmente passará a ter “sonhos vívidos”…

Numa terceira etapa você passará a “interagir” com seus “sonhos”, isto é, você começará a fazer o que quiser dentro dos seus “sonhos”…

A partir daí você terá que treinar sua mente para discernir o que é realidade e o que é lembranças intercaladas ou criações instantâneas de sua mente…

Numa última etapa você começará a sair consciente de seu corpo físico…

_____________________________

TÉCNICA DO BALANÇO:

Quando já estiver em EV (estado vibracional) pense em balançar o corpo…

Um pequeno impulso é o suficiente para você desprender-se de seu corpo físico.

 Não pense em nada… Se pensar em alguma coisa, você será “puxado” de volta para seu corpo físico, como numa espécie de vertigem.

Espere estar bem longe de seu corpo físico, onde o que poderíamos chamar de “campo etéreo” estará menos influente sobre seu corpo astral.

Hoje (03/07/2004) usei esta forma de balanço ao sentir-me em EV e saí facilmente do meu corpo físico

_____________________________

Entenda como “campo etéreo” as energias mais densas que ligam seu corpo físico ao seu corpo astral. Estas energias mais densas compõem o que poderíamos chamar de corpo etéreo ou corpo vital

Recentemente postei no link “Novas Experiências 4″ um relato denominado “LADRÕES DE CORPOS NO ASTRAL”, onde eu pude observar que os umbralinos roubavam um corpo ou energia vital em forma de corpo, que talvez também possa ser definido como campo energético vital, massa ectoplasmática, ectoplasma em forma de corpo, etc.

Pois bem, se entendermos que este corpo ou campo energético possa estender-se como se fosse um elástico, quando nosso corpo astral se afasta do corpo físico, teremos a ideia do que seja nosso cordão vital, cordão de prata ou qualquer nome que queiram dar.

Dessa forma este corpo, ou campo etéreo, ou campo energético, ou mesmo ectoplasma que se transforma em cordão vital, seria a ligação entre nosso corpo físico e o corpo astral.

No relato denominado “UMA ENTIDADE MALIGNA ME PERSEGUIU“, no link “Novas experiências 3″,  escrevi:

“… Porém, parecia que milhões de amarras prendiam-me ao meu físico… não conseguia libertar-me… não conseguia manter os olhos abertos. Parecia que uma sonolência absurda tomava conta de mim…”.

Estas sensações retratam o efeito que este campo energético ou campo etéreo exerceu sobre mim ao aproximar-me de meu corpo físico.

___________________________

Descrevi estas técnicas apenas no sentido de tentar ajudar o pessoal a se projetar

Não uso técnicas, não gosto de técnicas, nem de quaisquer tipos de “muletas” e se as identifico, em mim, procuro livrar-me delas (muletas) o mais rápido possível

Procuro apenas encontrar meu próprio EU, tomando consciência de mim mesmo e da realidade à minha volta

Entretanto, tenho observado que, o que mais “facilita” as projeções conscientes e lúcidas, é se autopoliciar, procurar manter um “padrão vibratório” (leia-se pensamentos, sentimentos, atos, palavras e sintonias) elevado.

___________________________

Ultimamente tenho considerado a projeção como algo tão natural quanto respirar, ou seja, é tão natural que a pessoa nem o percebe quando o faz… Somente o percebendo quando começa a prestar atenção no que ocorre em si próprio

 Também tenho observado que nossa mente é muito seletiva e limitada, isto é, ela (nossa mente) registra e percebe praticamente apenas aquilo que lhe interessa que não lhe cause estranheza, descartando ou ignorando todo o resto.

 Por exemplo:

 Mais ou menos próximo de minha casa há um conjunto de cinco ou seis prédios inacabados. São prédios altos, porém, estão abandonados. Parece que a construtora faliu, ou coisa assim.

Pois bem, eu passei por ali durante alguns anos e nunca observei que por detrás daqueles muros, havia um conjunto de prédios inacabados e abandonados. Só me dei conta da existência deles quando li uma reportagem no jornal sobre eles e fiquei chocado com aquilo… 

Ou seja, eu estava tão preocupado com a condução do carro, com o transito, com os outros veículos, com as pessoas, com minhas próprias preocupações do dia a dia que eu não notava aqueles prédios quando passava por ali…

Será que nunca os vi? Penso que não.

Penso que eu os via, mas não prestava atenção neles, porque não tinham importância para mim…

Será que não ocorre algo semelhante com a percepção de nossas vivencias no astral?

Afinal é uma coisa tão corriqueira, pois nós a fazemos há tantos anos… E até mesmo desde tantas vidas passadas

E as pessoas geralmente, privilegiam, dão maior importância ao seu respectivo dia a dia, as suas preocupações do físico, do “sólido”, do “real” e do “concreto”…

E naturalmente acabam esquecendo, apagando, não registrando, não dando importância as coisas que lhe pareçam estranhas, esquisitas, complicadas, difíceis de entender, etc.

Tenho observado também, pelo que as pessoas me escrevem contando, que muitas só se dão conta ou começam a perceber suas vivencias no astral, depois que começaram a estudar sobre o fenômeno.

Sugiro que você comece a prestar atenção em si próprio

E lembre-se sempre que a projeção é um mecanismo sutil e delicado

 ____________________________

Outra dica:

Geralmente logo que a pessoa a acorda ainda está com as vibrações sutis que trouxe do astral

Por isso, logo que acordar, procure não se mexer,  relaxe, não pense em nada e se deixe levar…

Isso pode facilitar o processo de sair consciente

____________________________

Procure entender que não se trata de manter “acesa” a mente física, mas sim, apenas manter um “fiozinho” de percepção com a mente física para você pode acompanhar o seu espírito

Se você mantiver acesa a sua mente física, seus condicionamentos o impedirão.

Sua consciência está habituada a “sair por aí” todas as noites, sua mente física está acostumada ao “apagão”

Não é uma coisa fácil se livrar dos condicionamentos

Isso tem que acontecer aos poucos

Você tem que fazer com que sua consciência perceba que sua mente física não vai atrapalhar

Por exemplo, digamos que você saia voando… Sua mente física vai ficar extasiada, pois não é uma coisa natural e comum para ela. Isso vai mexer com seu metabolismo no físico, puxando você de volta para o corpo.

No entanto para sua consciência é muito comum sair voando por aí, sem ter atrapalhada a desenvoltura da sua consciência no astral.

Esse é apenas um exemplo dos muitos motivos que levam a consciência a fazer com que a mente física tenha “apagões”

 

Ninguém me enxergav

Curioso, procurei descobrir o quê era aquilo Não havia filas, as ...

De olhos abertos...

Novamente as impressões vieram muito fortes Passei a sentir/perceber pessoas e ...

Nódoas, manchas e m

De longe era bonita, porém, quando olhei mais atentamente, percebi ...

Sentindo as vibraç

Observei que de um determinado lugar eu poderia tirar uma ...

Uma entidade ao meu

Dei uma cochilada e ao sair do corpo percebi uma ...