"O QUE É PROJEÇÃO ASTRAL?
Todas as noites, nossa consciência deixa de se manifestar no corpo físico e passa a se manifestar livremente num universo infinito de coisas fantásticas e maravilhosas... Habituada a esta situação, nossa consciência anseia por se libertar desligando-se instantaneamente de um cérebro físico preso a crendices, medos, condicionamentos e limitações Entretanto, quando a pessoa começa a se libertar de suas "barreiras" e a transcender a si mesma, também começa a ocorrer um fenômeno conhecido por diversos nomes: projeção astral, projeção da mente, desdobramento espiritual, projeção da consciência, sair consciente do corpo físico, experiência fora do corpo (EFC), viagem astral, etc. Porém, para mim, que vivencio este fenômeno todas as noites, passei a considerá-lo como um estado de "CONSCIÊNCIA EXPANDIDA", através do qual, posso pesquisar, investigar, analisar, realizar experiências, etc..."

Projeção em Corpo Mental

Estou tendo algumas projeções em corpo mental e estou percebendo que ainda há um estágio mais alto, mais avançado, mais acima e que poderia ser definido como integração ou reintegração ao todo, à consciência cósmica, ao criador, a Deus ou qualquer nome que queiram dar.

Para distinguir um estado do outro, passo a diferenciar da seguinte forma:

 

PROJEÇÃO EM CORPO MENTAL:

Percebo que estou projetado em corpo mental quando não disponho de nenhum tipo de corpo, ou seja, apenas me sinto ali e sinto também que estou integrado ao universo e posso perceber muitas coisas, tais como galáxias, sistemas, planetas.

 É como se meu consciente pudesse devassar e perceber em grandes conjuntos e até em particularidades e minúcias, planetas e sistemas galácticos inteiros.

 É como se eu pudesse sentir e perceber sentimentos e pensamentos de bilhões de pessoas.

 Estranhamente e por mais absurdo que possa parecer, é como se tudo fosse imensamente familiar, como se já soubéssemos de tudo.

 Percebo também que este tipo de projeção em corpo mental pode acontecer em variados níveis de percepção; desde uma percepção mais pequena até uma percepção muito mais ampla.

 

INTEGRAÇÃO OU REINTEGRAÇÃO AO TODO:

 É um estado onde parece que não conseguimos ficar mais do que alguns instantes, pois sentimos uma crescente e muito intensa vibração de amor, de êxtase, de felicidade indescritível.

 É uma sensação que começa a agigantar-se em progressão geométrica como a estender-se ao infinito.

 Ainda não sei se neste ponto podemos ir em frente ou se temos que recuar devido a ser talvez uma pequena amostra do que seremos ou em que nos transformaremos.

 Também ainda não sei se seria uma espécie de suicídio um encarnado integrar-se ou reintegrar-se ao criador (antes do tempo?).

 Ao que tudo indica temos (ou teremos) onisciência, onipotência e onipresença  (Digo teremos porque antes temos de romper nossas barreiras e limitações).

 Estas experiências, coincidentemente ou não, cada vez mais vem corroborando com a minha “TEORIA DA PROJEÇÃO INVERSA“.

 Depois que temos uma projeção em corpo mental percebemos que não necessitamos mais de religiões.

Necessitamos do ENTENDIMENTO… E do entendimento que passamos a necessitar as religiões não conseguem dar…

Ainda estou aprendendo, e posso estar errado, mas…

Começo a perceber que talvez tenhamos acesso a este tipo de experiência, não por ter sido permitido por “alguém”, mas sim,  devido ser uma coisa atinente a nosso ser, ou seja uma espécie de percepção ou autopercepção, natural, devido a essência do que nós somos.


Artigos Relacionados

  • » Ela voltou... Depois de tantos anos
  • » "Quero ficar aqui para sempre"
  • » Num corredor com 3 portas
  • » Escuridão
  • » Rua Rui Barbosa
  • » Três vezes
  • » Enfrentamento no astral
  • » Feiticeira/Juíza
  • » Eu tinha que ver...
  • » Preso num casebre
  • 22 Comentarios Até agora

    1. Victor roberto disse:

      Sim somos deuses, ja tive essa experiençia tambem consegui ir além passei cerca de 3 minutos nesse estado
      onisciençia onipotencia e onipresença, não possuo maiores entendimentos sobre isso, nem consegui repetir isso, tive numa percepção incrivel conseguia sentir tudo, outros planetas otras formas de vida e tudo oque havia na terra foi dificil voltar ao corpo mental e depois ao astral, precisei me concentrar muito no físico, me assustei e tive medo para mexer com meu metabolismo mesmo assim não funcionou, consegui voltar não sei como, desde então não quero fazer outra dessas projeções cosmicas nem mentáis. Prefiro continuar minha vida encarnado msm, e conseguindo ver meu corpo no astral 🙂

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Victor

        Pelo que descreve, provavelmente você teve medo de não conseguir voltar e reagiu de acordo com seus condicionamentos no físico

        Sugiro que você continue com suas experiências, pois poderá aprender cada vez mais com elas

      • Edgar disse:

        Eu tive uma experiencia, foi um sonho lucido, depois de varias aventuras sexuais, despertei em uma cama em uma casa, depois percebi que ainda estava fora do corpo físico, depois voltei ao físico, conclui que é possível sonhar fora do corpo físico.

        • Roberto Pineda disse:

          Olá Edgar

          Sonhos podem ser entendidos como uma lambança, mistura, confusão, que o cérebro físico faz com vivencias no astral e coisas do físico

    2. Alexandre disse:

      Olá sr. Pineda, boa tarde.
      Eu tenho sonhos lúcidos as vezes e gostaria de saber como faço pra sair do sonho lúcido e transformar em projeção consciente, vendo o ambiente real extrafísico e não as imagens oníricas do sonho lúcido? E outra como criar o estado vibracional “durante” o sonho lúcido. Afim de sd projetar. Agradeço antecipadamente a resposta.

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Alexandre

        Sugiro que você procure se tornar um questionador

        Ou seja, procure questionar tudo o que ver pela frente

        Isso cria uma habitualidade que também funcionará quanto estiver no astral

        Aí você se questionará coisas do tipo:

        “Que lugar é esse???”

        “Como eu vim parar aqui???”

        “O quê estou vendo na minha frente???”

        Isso ajuda em muito a despertar no astral

    3. Renato disse:

      BOA TARDE.
      TENHO ACOMPANHADO ALGUM TEMPO O TEU SITE EM QUE PRA MIM TEM SIDO UMA DÁDIVA EM COMPARTILHAR DE ALGO MARAVILHOSO – TEU CONHECIMENTO. TENHO APREENDIDO COM A ESPIRITUALIDADE INÚMEROS CONHECIMENTOS DAS QUAIS BOA PARTE DA POPULAÇÃO AINDA NÃO ENTENDERIA POR NÃO ESTAREM DESPERTOS AO UNIVERSO. VEJO, LEIO E ME AGRACIO COM TEUS RELATOS – TODOS PRA MIM SÃO UMA CONFIRMAÇÃO DE QUE A ESPIRITUALIDADE EM SUA REAL FORMA BUSCA PESSOAS LIVRES DAS AMARRAS MORAIS IMPOSTAS PELA SOCIEDADE(CRENDICES – DOGMAS). OBSERVANDO ESTE RELATO FIQUEI REALMENTE EMOCIONADO COM A PROJEÇÃO ATRAVÉS DO CORPO MENTAL, QUE ATÉ ENTÃO NÃO TINHA ME DEPARADO COM ESTE TIPO DE RELATO. QUERO AGRADECER POR DISPONIBILIZAR TAIS INFORMAÇÕES A TODOS. PARABENS E OBRIGADO.

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Renato

        Sim, infelizmente a humanidade ainda não despertou para a percepção e o entendimento

        Quando isso acontecer, este mundo será bem melhor

    4. Allana disse:

      Comecei a ter experiências extracorpóreas no começo do ano passado (2014), saia constantemente e presenciei muitas projeções, inclusive uma que julgo ter sido projeção mental, pela expansão muito grande de consciência, visão aumentada, a agilidade bem maior e a ausência de um “veículo” astral.
      No entanto em dezembro entrei em um recesso projetivo e até agora não consegui ter mais experiências. Continuo fazendo as técnicas e tentando, mais sem resultado. Quais são os possiveis motivos pra um recesso tão grande ? já havia conseguido um bom nível de lucidez e domínio da saída, mas parece que perdi as habilidades e nada funciona mais.

      Muito Obrigada

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Allana

        Eu entendo que geralmente as causas da facilidade e ou dificuldades nas experiências tem origem nas condições vibratórias pessoais

        Sugiro que você procure sutilizar suas vibrações

        Para sutilizar suas vibrações, procure desenvolver e manter uma constante (padrão vibratório) de bons pensamentos, sentimentos, atos, palavras e sintonias

    5. Rodrigo disse:

      Eu tenho sonhos lúcidos as vezes, e já sonhei que me projetei, eu sonhei que projetei ou, saindo do corpo no sonho é no astral?.

    6. Conssa Machado disse:

      Roberto Pineda Boa tarde!!!
      Gostaria de seguir o seu site, mas não encontrei!!!
      Poderia entrar em contato comigo ?
      Eu já fiz algumas viagens Astrais… Mas agora estou tentando fazer uma direcionada e não estou conseguindo…
      Tive uma época em que lia os pensamentos das pessoas e também não estou conseguindo mais…
      Sou RosaCruz- Amorc ha muitos anos e estou afastada por motivos pessoais…
      Gostaria muito de um contato seu…
      Muito Obrigada!!! Paz Profunda!!!

    7. Diogo Michels disse:

      Várias vezes eu sonho que acordei, ai eu vou na geladeira e nos armários e tem danoninho. Ai eu já desconfio que é um sonho ainda kkkkk

    8. Alisson disse:

      Eu posso ser onipotente??fazer tudo o que eu quiser?

    9. Alisson disse:

      Você tem Whatsapp?

      • Roberto Pineda disse:

        Sim, porém só uso para contatos com familiares

        Se eu abrir para terceiros, não vou fazer mais nada na vida a não ser responder questionamentos

        Numa ocasião, eu abri minha caixa postal e tinha lá mais de quatrocentos e-mails para responder

        Por isso, passei a dar preferência em responder pelo meu site, pois aí muitas pessoas podem ler as respostas

    10. Daiana disse:

      Boa noite! Graças a Deus encontrei vc. Nao sei quem é mas preciso conversar sobre o que está acontecendo comigo. Há dois meses tive uma projeção involuntária ( a minha única ate agora) e de la pude ver toda galaxia. quando retornei tudo mudou em minha vida. Saia luz da minha boca, senti amor incondicional por tudo, compaixão e todos os sentimentos bons expandidos. Procuro na internet algo parecido e só agora encontrei vc. Preciso saber o que me aconteceu. A sensação é de ter descoberto o segredo do mundo. Me sinto fora da caixa. Não consigo mais me envolver em assuntos físicos com as pessoas. Tenho estudado 24h mecanica quantica pois explica melhor o ocorrido. Sinto uma fé inabalavel em Deus e não quero mais frequentar igrejas por achar que elas estão muito limitadas ao que eu sinto. Eu tenho afastado algumas pessoas de mim por estar tao diferente. Preciso de alguem que entenda e sinta como me sinto pra ajudar esclarecer as milhares de dúvidas que tenho. Por favor entre em contato comigo. Obrigada

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Daiana

        É muito bom este tipo de experiência, pois é um encontro com o nosso próprio EU

        Eu procuro responder aos questionamentos aqui no site, pois um número maior de pessoas podem ler

        Por isso, se tiver alguma pergunta, pode fazê-lo em qualquer relato aqui no site

      • Orion disse:

        Olá Daiana, eu fiquei curioso com o seu relato. Me identifiquei. Poderíamos conversar? Meu número é 11963220241

    11. Fausto Fernando Mirett Sommerfeld disse:

      Boa tarde.

      Sou Analista de Sistemas e não tenho religião (Sou Deísta. Acredito que o maior presente do universo para a humanidade não é a religião, mas “a capacidade de raciocinar”).
      Também não sou usuário de qualquer tipo de drogas ou medicamentos e não tenho distúrbios ou patologias psicológicas, físicas ou psíquicas.
      Já experimentei várias projeções astrais conscientes e sei que não eram provenientes de ilusões causadas pelo equilíbrio ou desequilíbrio da química no meu cérebro.
      Acredito em reencarnação (lembro de algumas de minhas vidas passadas) e em karma (lei de causa e efeito).
      Sei que não existem coincidências que para Jung (discípulo de Freud) eram o principio da “Sincronicidade” também conhecida como “coincidência significativa”.
      Em um dia absolutamente normal e totalmente cotidiano, tive infelizmente uma única experiência de projeção mental (nunca mais se repetiu ou eu já estaria morto).
      Tudo ainda esta muito vivo e indelével em minha memória.
      Estava sentado na beira da minha cama coincidentemente de frente para um relógio de parede onde pude ver as horas poucos segundos antes de me deitar de costas no colchão apenas para relaxar sem intenção de adormecer. Era pouco antes do meio dia. Eu estava esperando o almoço. Ao fechar os olhos me transportei de imediato e totalmente alheio a minha vontade para o vazio infinito do plano mental onde eu não tinha corpo físico ou astral (não existiam formas ou objetos). Eu era apenas um ponto intangível de pura consciência. Também não existiam distâncias pois não existia espaço. Igualmente o tempo também parece não existir ali como o conhecemos. Passado, presente e futuro não fazem sentido nesse lugar.
      Tudo estava infinitamente distante mas ao mesmo tempo presente e acessível. Não havia movimento ou mudanças aparentes. Após estas percepções iniciais descobri que não estava sozinho. Curiosamente não tinha medo algum. Minha percepção aumentou um pouco mais e me vi imerso em uma indescritível luz de todos os matizes possíveis e imagináveis. Sua origem estava infinitamente distante mas totalmente acessível.
      Essa luz transmitia muita paz e amor e provinha de uma consciência que me contemplava.
      Senti que não podia esconder absolutamente nada daquele ser e fiquei envergonhado de macular aquela perfeição com minha insignificante presença. Eu não merecia estar lá.
      Ela me conhecia mais do que eu mesmo gostaria ou poderia querer. Conhecia as coisas ruins e também as boas. Mas não me julgava em momento algum.
      Aquela luz intensa me devassava totalmente.
      Sua compreensão e amor eram infinitos.
      Senti imensa paz, acalento e segurança. Sabia que aquele ser era imortal, eterno e que sua evolução era gigantesca. Achei que aquele ser era Deus. Imediatamente minha consciência se expandiu ainda mais e percebi em um lampejo que existiam infinitos seres iguais e tão grandiosos quanto aquele que me contemplava. Todos estavam em estreita comunicação uns com os outras e também comigo (uma espécie de cognição instantânea funcionava ali. O pensamento não era fragmentado em palavras). Todas vibravam amor, compreensão, conhecimento e sabedoria indescritíveis. Elas eram pura percepção. Absurdamente evoluídas. Soube então (não sei explicar como. eu apenas sabia) que todas já haviam tido experiências na matéria (não necessariamente apenas neste planeta) e que evoluíram até aquele estágio assim como nós também o fazemos em nossa jornada evolutiva e a nosso devido tempo mesmo que não o queiramos também chegaremos lá.
      Vale notar que não existia naquele plano uma representação física ou astral de um universo com planetas, estrelas, galáxias ou qualquer outra coisa material ou forma astral disso tudo. Aquele era puramente o plano mental (não existiam também as formas mentais da Teosofia).
      De uma só vez todos os meus receios e medos relativos a morte e nossa sorte após a vida fora da matéria simplesmente se dissolveram pois percebi que eu também era eterno e poderia um dia chegar a algo tão próximo a perfeição. Nós somos embriões de Deuses.
      Acalento e prazer tomaram meu ser e fiquei embevecido naquele estado maravilhoso pelo que me pareceu muito tempo. Não queria sair daquilo. Não queria voltar para o mundo físico. Queria apenas ficar lá. Mas tão repentinamente quanto fui acabei voltando totalmente contrário e alheio a minha vontade. Abri meus olhos e levantei meu corpo da cama e dei de cara com o relógio. Haviam passado pouco mais de três minutos. Os ponteiros do relógio quase não haviam se mexido. Então logo após a epifania que tive, uma catarse emocional gigantesca se apoderou de mim. Aquilo me desequilibrou totalmente. Não queria mais respirar, não queria mais viver neste mundo denso e pesado. Era muito difícil para mim ficar no plano físico ou mesmo em meu corpo novamente. Estava novamente aprisionado na matéria. Sufocado na densa atmosfera repleta de miasmas sufocantes. Nada mais importava (família, trabalho, amigos, política, alimentos, sonhos e até mesmo o sexo). Tudo perdeu significado. Fiquei desejando desesperadamente morrer mas sabia que não o deveria fazer. Tinha que completar minha experiência necessária mas imensamente dolorosa na matéria. Precisei de muita força para continuar vivendo. Quando saia na rua parecia que minha cabeça tinha infinitas antenas como agulhas que captavam tudo a minha volta (estava muito sensível). Não via mais apenas o plano físico e etéreo mas também o plano astral imediato. Fiquei nesse estado por duas semanas ou mais até conseguir amortecer na carne meus sentidos novamente. Nunca esqueci essa experiência. Então quando passo por algo ruim procuro lembrar desse lugar que virou um verdadeiro refugio mental, vacina contra o medo e as inseguranças deste mundo conturbado e do seu futuro incerto. Eu encontro ao menos um pouco de paz sabendo que não precisamos correr, não precisamos competir, não precisamos temer. Todos invariavelmente mesmo que não queiramos seremos em um futuro muito distante criaturas perfeitas adornando o corpo de Deus antes de ressurgirmos novamente na matéria com nossa essência em um eterno ciclo.
      Então… “Carpe diem”.
      Não precisamos de religião, precisamos apenas elevar nossa consciência.


    Ela voltou... Depois

     Há muitos anos eu perdi uma amiga que teve um ...

    "Quero ficar aqui pa

      Hoje à tarde (15/08/2020) encontrei no astral, por ...

    Num corredor com 3 p

     Esta noite (18/07/2020) eu estava no astral quando uma ...

    Escuridão

        Esta noite (24/03/2020) eu estava projetado, pensei em ...

    Rua Rui Barbosa

               Esta noite (08/12/2019) eu estava ...