"O QUE É PROJEÇÃO ASTRAL?
Todas as noites, nossa consciência deixa de se manifestar no corpo físico e passa a se manifestar livremente num universo infinito de coisas fantásticas e maravilhosas... Habituada a esta situação, nossa consciência anseia por se libertar desligando-se instantaneamente de um cérebro físico preso a crendices, medos, condicionamentos e limitações Entretanto, quando a pessoa começa a se libertar de suas "barreiras" e a transcender a si mesma, também começa a ocorrer um fenômeno conhecido por diversos nomes: projeção astral, projeção da mente, desdobramento espiritual, projeção da consciência, sair consciente do corpo físico, experiência fora do corpo (EFC), viagem astral, etc. Porém, para mim, que vivencio este fenômeno todas as noites, passei a considerá-lo como um estado de "CONSCIÊNCIA EXPANDIDA", através do qual, posso pesquisar, investigar, analisar, realizar experiências, etc..."

Prédios e Elevadores

Esta noite (01/12/2005) eu estava perambulando e observando alguns aspectos no astral

 

Entrei num grande e luxuoso prédio

 

As dependências eram modernas e impecavelmente limpas

 

Percebi que algumas pessoas entravam num elevador feito de material transparente. Era panorâmico, isto é, dentro do elevador podia-se enxergar em todas as direções.

 

Ouvi alguém dizer:

 

“Vamos para o décimo terceiro andar…”

 

Como o elevador começou a ficar meio lotado, resolvi sair…

 

Mais à frente encontrei outro elevador, porém, este era de serviço, não tão bonito e limpo. Parecia um elevador de carga, suas paredes eram escuras e não era transparente, como o outro.

 

Achei natural e não me importei, afinal era um elevador de carga.

 

Dentro dele já estavam uma mulher e um homem

 

“Quero ir para o décimo terceiro andar…” pedi.

 

Eu queria ir para o mesmo andar onde foram aquelas pessoas do outro elevador para ver o que tinha por lá

 

Este elevador é do pessoal de manutenção e só vai até o sétimo andar…” falou a mulher

 

“Tudo bem, vou até o sétimo e depois eu pego outro elevador ou subo as escadas…” respondi.

 

A tal mulher pareceu surpresa, porém, “deu de ombros” e não falou nada.

 

Desci no sétimo andar e fiquei chocado com o que vi

 

Em total contraste com o resto do prédio luxuoso e limpo aquele andar parecia uma típica oficina de manutenção, era suja, cheia de ferramentas, pedaços de madeiras, tranqueiras, etc.

 

Achei um exagero a ideia de que os sete primeiros andares daquele prédio serem ocupados pelo pessoal de manutenção, entretanto, compreendi que as pessoas, mesmo no astral, ainda permanecem presas a “formatos”, as vezes até exagerando, conforme este exemplo

 

O astral é gigantescamente maior que o plano físico… São bilhões que pessoas encarnadas que ao saírem de seus corpos, obedecendo aos respectivos ciclos de repouso, juntam-se a outros muitos bilhões de desencarnados, que igualmente estão ainda presos a “formatos”, hábitos e costumes do físico

 

Todas estas pessoas necessitam de referencias ou formatos do físico, tais como, um chão sob os pés, um céu por sobre as cabeças, prédios, arvores, lugares diversos, trabalhadores, etc.

 

Claro que no astral não haveria necessidade de ferramentas, material ou mesmo pessoal de manutenção, porém, como se vê, muitos ainda pensam que estão no físico e agem como tal.

 

Provavelmente por isso, mudanças e percepções ocorrem lenta e gradativamente.


Artigos Relacionados

  • » Um anjo no céu
  • » Leitos 6 e 7
  • » Estréia documentário "Voadores"
  • » Forno crematório
  • » O diabo no telefone
  • » Observando o céu
  • » Observando alienígena
  • » Marido preso
  • » Mudança rápida de ambiente
  • » Em um corpo tatuado

  • Um anjo no céu

           Esta noite (08/10/2017) eu estava projetado dentro ...

    Leitos 6 e 7

       Esta noite (29/09/2017) adquiri consciência em plena atividade ...

    Estréia documentár

        Evento para convidados na estréia ontem (24/09/2017)  no ...

    Forno crematório

        Esta noite (04/09/2017) fui atraído pelas vibrações, sensações ...

    O diabo no telefone

         É interessante observar como, mesmo num ambiente onde ...