"O QUE É PROJEÇÃO ASTRAL?
Todas as noites, nossa consciência deixa de se manifestar no corpo físico e passa a se manifestar livremente num universo infinito de coisas fantásticas e maravilhosas... Habituada a esta situação, nossa consciência anseia por se libertar desligando-se instantaneamente de um cérebro físico preso a crendices, medos, condicionamentos e limitações Entretanto, quando a pessoa começa a se libertar de suas "barreiras" e a transcender a si mesma, também começa a ocorrer um fenômeno conhecido por diversos nomes: projeção astral, projeção da mente, desdobramento espiritual, projeção da consciência, sair consciente do corpo físico, experiência fora do corpo (EFC), viagem astral, etc. Porém, para mim, que vivencio este fenômeno todas as noites, passei a considerá-lo como um estado de "CONSCIÊNCIA EXPANDIDA", através do qual, posso pesquisar, investigar, analisar, realizar experiências, etc..."

Novamente no corpo de outra pessoa

Hoje (29/11/2012) eu estava sem rumo vagando por aí quando de repente eu me vi diante de uma porta
 
Curioso, manifestei a vontade e abri a porta
 
Lá dentro tinha uma mulher morena, um pouco gorda e duas crianças, um menino e uma menina também morenos
 
Todos estavam de costas para mim e não se viraram quando entrei
 
Estavam em pé, distraídos, discutindo alguma coisa e saíram para a cozinha próxima
 
Tinha uma tv ligada, numa estante, diante de um jogo de sofá
 
Era uma tv colorida, daqueles antigas de 29 polegadas
 
Não prestei atenção no programa que passava
 
Olhei para mim e vi que não era meu corpo, apesar de estar nele
 
Era um corpo de um rapaz moreno, muito alto e magro
 
Percebi que usava uma blusa fina com capuz
 
Repudiei aquele corpo que não era meu e saí de lá instantaneamente
 
A situação emocional deve ter mexido com meu metabolismo, pois voltei para meu próprio corpo na cama
 
O que me fez manifestar no corpo daquele rapaz???
 
Por que entrei em sintonia instantanea com ele???
 
Este tipo de coisa pode acontecer quando estamos projetados, pois podemos entrar em sintonia com qualquer um, de forma aleatória
 
É esquisito estar no corpo de outra pessoa, porém, preciso aprender a me controlar e não repudiar a situação, para poder aprender mais com este tipo de experiência
 

Artigos Relacionados

  • » Marido preso
  • » Mudança rápida de ambiente
  • » Em um corpo tatuado
  • » Torrões de solo
  • » Percebendo o envio de mensagem pelo celular
  • » Duas mulheres em outro planeta
  • » Depois da morte
  • » Pessoas em desespero
  • » Corpos no chão
  • » Salão do passado
  • 49 Comentarios Até agora

    1. Marcos Túlio disse:

      Caro Roberto:

      Sou aficcionado sobre o tema de “viagem astral” amuito tempo e tenho acompanhado com interesse seus relatos Seu trabalho de publicar regularmente suas experiências nos permite analisar o fenômeno sob diferentes aspectos.
      Obsevei que essas experiências não tem uma continuidade. Mal comparando são como uma seqüência de clips de filmes de conteúdos diversos, que, em princípio, não permite uma visão de conjunto do ambiente “astral”
      Nesse momento me vem à cabeça a citação bíblica de que “No sheol não há sabedoria”. O “viajante” é apenas um observador de experimentos que ele não controla e de resultados discutíveis para sua evolução.

      MT

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Marcos Túlio

        As vezes, para caminharmos em direção ao conhecimento, à percepção e ao entendimento, é necessário abandonar a chamada “zona de conforto” e OUSAR, se deixar levar para ver o que acontece

        E é isso que tenho feito ao longo dos anos

        Foi por isso, que percebi que nossa consciência possui um potencial infinito

        “Estar no físico” ou seja, se manifestar no físico, nós dá uma sensação ilusória e equivocada de “controle”, pois é um controle extremamente limitado

        Nossa consciência não possui limites

        Um dia poderemos conhecer, sentir e perceber o todo

        E isso, obviamente implica em estar no controle de tudo

    2. Isaías Teixeira disse:

      Esquisito mesmo essa experiência de estar no corpo de outra pessoa. Mas, dr Roberto, por favor, me responda a seguinte pergunta: quando o sr. deseja se projetar em algum lugar (por exempo a torre eiffel), isso é feito antes da projeção ou depois de estar fora do corpo físico? Felicidades e parabéns pelas viagens gratuitas que faz!

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Isaías

        Quanto estou no astral, eu me lembro do encontro e vou para lá

        Quando saímos no astral estão acontecendo tantas coisas importantes e interessantes à nossa volta que geralmente acabamos nos envolvendo nas situações

    3. Fernando disse:

      Olá, Pineda.
      Muito bons os seus relatos, ajudam muito os iniciantes.
      Queria lhe fazer uma pergunta, porque nao nos lembramos de nossas vidas pasadas?Alan Kardek diz que é uma benção de Deus não lembrarmos de nossas vidas pasadas.Por que será?Sera que é porqueas pessoas não tem estrutura espiritual para saber o que eraem outras eencarnaçãoes?Na verdade tenho medo de não lembrar do que fui, se eu reencarnar.

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Fernando

        Percepção e entendimento caminham juntos, de mãos dadas

        Ou seja, na medida em que a consciência vai se libertando, se desprendendo dos valores e referencias físicas, ela vai adquirindo percepção e entendimento de suas vidas passadas

        Nossas vidas passadas estão cheias de situações de ódio, de raiva, de rancor, onde fomos assassinados, torturados, traídos, massacrados, etc

        Por outro lado, angariamos e desenvolvemos o amor, ao longo das vidas passadas

        Mesmo que a consciência, aqui no físico, relembre e se liberte das mágoas e ódios do passado, ainda resta o aspecto do amor

        Pode se tornar insuportável para uma consciência reconhecer o seu amor de vidas passadas, aqui no físico e não poder estar/ficar juntos

        É terrível… Pôxa, é seu coração, é sua alma, é sua felicidade que está ali e você não pode fazer nada, pois a pessoa não te reconhece

        • Edgar disse:

          Mas será que essas situações de lembrança das vidas passadas, uma hora não trariam uma evolução sentimental e espiritual depois? Acho que para evoluirmos e aprendermos que somos seres eternos, teríamos que aprender a entender os nossos erros e acertos passados, resolve-los e não teme-los. acredito que não é nem um pouco uma benção não saber das vidas passadas.
          Talvez esteja errado (pode ser) adoraria descobrir e ver que estou errado, mas só quando estiver no astral e presenciar “pessoalmente” terei essa resposta.

    4. Alberto Correa disse:

      Prezado Roberto Pineda,

      Ao ler este relato me lembrei do Roberto Monroe, que frequentemente visitava um “eu-paralelo”, que ele chamava de “eu lá” (“i there”), que vivia encarnado em um universo paraleo, um universo no qual as leis da eram um pouco diferentes das de nosso universo (e por isto o tal mundo paralelo apresentava uma história de desenvolvimento tecnologico diferente da de nosso universo).
      O Robert Monroe algumas vezes entrou dentro do corpo deste eu paralelo, sendo que pelo menos uma vez o fez agir de forma estranha, causando constrangimento a este.

      O hipnólogo Michael Newton garante ter estudado muitas pessoas, e ter estudado as experiências antes da encarnação (“pre-birth experiences”), e afirma que frequentemente o espírito, no mundo espiritual, destina apenas um pedaço de si a cada corpo físico, para poder realizar várias encarnações em paralelo; as encarnações em vários corpos em paralelo seriam o caso mais comum de encarnação (será mesmo ?).

      Mas talvez não seja nada disto. Muito pelo contrário: quando fora do corpo físico, a facilidade de sintonias é tão grande que gera um intercâmbio de memórias, experiências, sensações, energias e informações tão intenso, que muitos chegam à falsa conclusão que suas almas se fundiram (perderam a individualidade), ou que eram egos paralelos de uma mesma alma maior (que se reencontraram).
      Se não me engano um psicólogo “transpessoal” afirmou que ao fazer as chamadas “regressões” de memória podemos inadvertidamente acessar memórias e experiências de outras almas, gerando uma falsa idéia que termos sido tais pessoas em outras vidas.

      Nem sempre é fácil distinguir a fronteira entre o eu do não-eu, por isto parece ser possível inserir pensamentos na mente de outros.

      Gostaria muito de saber sua opinião a respeito disto.

      Muito obrigado por sua atenção,

      Alberto Correa

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Alberto

        Eu entendo que nosso EU é um só

        E que sempre manteremos nossa personalidade e nossa individualidade

        Entretanto, podemos sentir e perceber os outros, de forma individual ou todos ao mesmo tempo, pois todos nós estamos intimamente interconectados

        Isso indica que, em essência todos nós, somos UM

        Parece complicado entender isso, aqui no físico, onde há tantas divergências e diferenças

        Entretanto, em mundos onde prevalece a percepção e o entendimento, não há divergências, não há discórdias, só há felicidade

        Quando nos manifestamos nesses mundos fica mais fácil entender conceitos de “alma gêmea” e de “todos somos um”

      • Rogerio disse:

        eu ia falar isso. Li o livro do Monroe, tem um caso semelhante lá.

    5. Bruno disse:

      Ola senhor Pineda! Estou há um tempo me informando sobre as viagens e projeções astrais, contudo, acho, que ainda não obtive sucesso. Frequentemente acordo em um estado de paralisia em que não tenho controle do meu corpo físico, embora tenha plena consciência, após ter conciencia de estar sonhando. Em desespero devido a esta situação que vivencio desde os 17 anos- hoje estou com 20- em alguns minutos consigo acordar.Pelo que li esse é um fenomeno da viagem astral, contudo em quais procedimentos devo insistir para realizar tal feito? Obrigado

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Bruno

        Este estado é conhecido como “Catalepsia Projetiva”

        A consciência está se manifestando no astral e não no corpo físico

        Ou seja, o corpo astral está em descoincidência em relação ao corpo físico

        Por isso, a pessoa tenta mexer o corpo físico e não consegue

        Entrar em panico, só complica a situação

        É necessário ficar tranquilo e procurar fazer um suave balanço para sair projetado

        • Bruno disse:

          Obrigado senhor Pineda! Vou tentar me acalmar nessas situações, contudo não sei se estou preparado para o que possa estar no astral. Recentemente ocorreram outros acontecimentos que me encabularam, sábado estava dormindo quando acordei afundando na cama subitamente e hoje tive a catalepsia que o senhor bem explicou. Notei que a catalepsia antes era mais frequente quando me deitava de barriga para cima, contudo, agora esta ocorre independente da posição que eu esteja deitado. O senhor saberia alguma explicação ?Obrigado!!

          • Roberto Pineda disse:

            Olá Bruno

            Isso é muito bom, pois indica que você está tendo mais facilidade no processo

            Continue com suas experiências

          • Gabriel disse:

            Olá Bruno, tem uma técnica que utilizo que pode te auxiliar quando estiver nesse estado de catalepsia.
            Sinta seu corpo girando em torno de si mesmo, como se você rolasse na cama, mas sem sair do lugar, e vá aumentando cada vez mais a velocidade. Em pouco tempo você ouvirá um barulho alto e terá a sensação do corpo astral decolando… abraços

    6. Felipe C disse:

      Bom dia Pineda, realmente foi estranha esta sua projeção.

      Se você estava encaixado no corpo astral desta pessoa, então você esta apenas com o corpo mental ?

      Neste caso então onde estava a consciência desta pessoa ? Vocês, os dois, estavam partilhando a mesma mente ?

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Felipe

        No astral podemos compartilhar das sensações e impressões e até a visão de outra pessoa

        Penso que a outra pessoa nem percebe quando fazemos isso, da mesma forma que não percebem quando sentimos os pensamentos e sentimentos dela

        Na minhas experiências no estado de “consciência expandida” percebi que posso sentir as impressões e sensações de muitas pessoas ao mesmo tempo

        • Felipe C disse:

          Sim, essa questão da telepatia e leitura de mentes eu concordo com o senhor.

          Porém, será que assim se poderia controlar o corpo e os pensamentos da outra pessoa(anti-ético) ?

          E como a pessoa que sofre essa “possessão” mental pode fazer pra se defender disso ?

          • Roberto Pineda disse:

            Olá Felipe

            Quando uma pessoa recebe um pensamento ou ideia que lhe cause estranheza, ela tanto pode aceitar como rejeitar

            A chamada “posessão” só acontece se a pessoa deixar

    7. Rodrigo disse:

      Eae pineda, gostaria de saber porque sonhamos dentro de um sonho como sonhar que está sonhando e sonhamos em acordar.
      Att Rodrigo

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Rodrigo

        Isso ocorre devido aos condicionamentos da pessoa em sonhar

        A pessoa tem dificuldades em perceber que está desperta no astral e acha que está sonhando

    8. Marcos Túlio disse:

      Vou tocar num assunto que não faz parte dessa sua narrativa mas gostaria de um esclarecimento seu. Em um sonho consciente eu tinha que converter uma medida de polegadas para centímetros. Esse é um cálculo fácil pois basta multiplicar por 2,5 para dar um resultado aceitável mas, no sonho, não consegui. Essa situação já tinha me ocorrido faz algum tempo.
      É dificil fazer cálculos simples no “astral”? Será que é por isso que temos tantas obras literárias psicografadas e nenhuma sobre física, matemática ou engenharia?

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Marcos

        Um “sonho consciente” pode ser entendido com uma espécie de percepção de eventos no astral com o cérebro físico

        Ou seja, é uma espécie de “ligação precária” entre cérebro físico e consciência

        Ao tentar fazer uma calculo, isso acaba forçando o cérebro a pensar e aí atrapalha tudo

        Numa projeção temos mais auto-controle e penso que deve ser mais fácil

    9. Fernando disse:

      Olá Pineda,

      Gostei bastante de seus relatos, eles realmente auxiliam. Deja vú apresenta correlação com possível passagem pelo astral? obrigado

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Fernando

        O chamado “Déjà vu” acontece quando o cérebro físico recebe da consciência as impressões daquilo e fica com a sensação daquilo já ter acontecido

        Ou seja, é um rápido momento onde consciência e cérebro físico se tornam “uno”, resultando em estranheza para o cérebro físico

        As vezes isso acontece no final das projeções ou mesmo durante o dia no físico

    10. marcio Vidal disse:

      Olá Pineda,
      estava “sonhando” que andava nú em vielas e que minha vontade era ir para o trabalho. Depois de alguns episódios, me pego pensando: Pô, se eu vou para o trabalho, como posso estar dessa maneira? e o dinheiro da passagem?! Aí caiu a ficha e…acordei! Sempre quando percebo eu acordo. Parece que quero pensar com meu cérebro! Existe isso?
      Um abraço e obrigado,
      MVidal

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Marcio

        Provavelmente você acordou devido a situação ter lhe causado estranheza e isso mexeu com seu metabolismo acordando-o

        Entretanto, se questionar é uma excelente forma de “despertar” no astral

        Basta se acostumar com o processo

        • Cristiano disse:

          Pineda, eu também sonho que estou nú ou apenas de cuecas e quando olho para meu corpo no sonho e percebo isso eu acordo. Tem como controlar isso e continuar no sonho, digo, pegar consciência ?

    11. Fernando disse:

      Olá, Pineda.
      Em alguns dos comentários que postei relatei umas das minhas experiencias no astral, sou muito novato ainda faz apenas quase 3 meses que consegui sair em astral com lucidez,pois muitas vezes não tenho 100% de lucidez, ou as vezes tenho apagões.Inclusive queria me retratar do comentário que fiz no seu relato passado sobre ETs, pois havia lido sobre o assunto, deles serem andróidesw, e tive uma experiencia não muito lúcida.
      Mas queria lhe fazer uma pergunta, eu sei que o conhecimento é infinito, ou seja sempre iremos aprender?Ou chegaremos a um nível em que não precisaremos aprender mais?
      Legal o seu site, continue assim!

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Fernando

        Eu entendo que chegará o momento onde nossa consciência poderá sentir, perceber e entender o universo inteiro

        Porém, sempre existirão novas vidas, isto é, novas manifestações que se individualizam, trazendo novidades em suas existências

        E isto, certamente torna o conhecimento infinito

    12. Marcos disse:

      Oi Pineda, olha só: há uns meses tive um sonho bem lúcido, aonde eu sabia que ia morrer/desencarnar. Estava com a família reunida, todos tranquilos, um clima de despedida, mas apesar de tudo, no fundo eu estava aflito, pois não sabia o q exatamente ia ocorrer.
      Pois bem, dias atrás tive outro sonho, em que eu já tinha falecido. Novamente estava com pessoal da família inteira, reunidos num clima bem alegre, como se fosse uma celebração. Eu estava super feliz! Empolgado pois, por ter passado por esse processo, eu tinha adquirido algumas capacidades parapsíquicas, como volitar, flutuar, me deslocar de uma forma super rápida, mas tudo de uma forma consciente. Sabia que não estava no corpo físico, e ai ficava testando as coisas, demonstrando para o pessoal minhas novas “habilidades”. Lembro até que estava curioso para saber o como era ir para baixo do “chão”, e fui e voltei, etc.
      Vc acha que novas habilidades podem ser desenvolvidas desta forma? Acredita que realmente nossa consciência pode passar por processos assim; mesmo que o cérebro físico não esteja sabendo o que ocorre? Teria alguma orientação? Obrigado e tudo de bom a todos!

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Marcos

        Nossa consciência está amplamente habituada ao ambiente astral, pois convive com ele todos os dias (noites)
        Este sonho lúcido está parecendo uma espécie de aviso/alerta de sua consciência para seu cérebro físico despertar para a realidade

    13. Prezado roberto!
      Gostei muito de conhecer o seu site e poder trocar algumas experiências e aprendizados com todos os amigos.
      Antes de mais nada,gostaria que desse a sua opinião com relação a uma experiência fora do corpo que tive.
      Estava longe da família,em outro estado e fiz uma meditação para ir ve-los,pois estava com saudades,então como de costume,inspiro/expiro até a respiração se tornar um fio e quase não sentir mais que respiro,o corpo relaxa de tal forma que praticamente não sinto o meu corpo físico,então começa o formigamento e um estalo na mente e viajo,desta feita fui para paris,uma voz me dizia você está em paris,então eu dizia,como estou em paris se não vejo a torre eifhel,a voz me dizia sobrevoe estes prédios e verá a torre,então fiz isso e realmente me deparei com a torre eifhel,em paris era noite e pessoas circulavam pelas ruas,mais quando eu passava próximo as pessoas sentiam incomodadas,pois de alguma forma sentiam a minha presença em espírito,outra coisa os cachorros latiam e uivavam,quando eu passava próximo a eles,mais o que mais me intrigou foi na saida do tunel,ao sair do corpo…pois tinha uma entidade que logo percebi que não era boa,e ela me vendo sair me disse mentalmente,se sair tomo o seu corpo,querendo me amendrontar,então mentalmente eu disse:eu vou sair sim,pois faço parte do todo e preciso viver minhas experiências e em nome de DEUS suma daqui,ordenei!e este ser sumiu na hora,e pude sair tranquilamente…breve postarei mais experiências para troca de aprendizado…abraço fraterno!

      • Roberto Pineda disse:

        Olá João

        Muito legal sua experiência
        Você fez bem em não admitir nenhum “intrometido” em sua experiência
        Procure aprender com suas experiências e aproveite para fazer comprovações para si próprio
        Por exemplo, procure por comprovações de coisas que seu cérebro físico não tinha como saber

    14. Fabiula disse:

      Olá, já me senti em projeção astral 3x, mas fiquei com medo e não saí do meu quarto, logo voltei para o meu corpo físico e dei um forte suspiro quando voltei. Acho que eu não estava respirando enquanto estava “fora”. Isso é normal?
      Tenho medo de ir para longe e não conseguir voltar ao meu corpo e morrer, não sei. É possível?
      E outra coisa, é verdade que quando a pessoa está alcoolizada ou sobre efeito de alguma droga, o corpo fica mais vulnerável a fazer isto?
      Obrigada

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Fabiula

        Provavelmente você prendeu a respiração quando percebeu que estava saindo

        Desencane da respiração e continue respirando normalmente na hora da saída

        Não se preocupe, pois a consciência sabe que ainda tem coisas a fazer e sempre volta

        Na projeção busca-se a clareza, a nitidez de consciência, o controle da experiência, para melhor aproveitá-la

        De nada adianta uma pessoa sair no astral sob o efeito de alucinógenos ou alcoolizada, pois sairá com alucinações e falta de controle

    15. André Barros disse:

      Irmão Roberto,

      boa noite, meu nome é André. Ontem tive um sonho… só que na verdade acho que fiz uma viagem astral e estava na companhia de um jovem que me orientou… estava volitando acima das nuvens e quando embaixo eu vi o mar pensei – gostaria de passar a mão na água – e este jovem que eu não o via, sabia que estava ao meu lado disse que eu podia e fui… bem… antes disso estávamos numa espécie de palestra, minha esposa tb estava… qdo ao fim da palestra ela sumiu e algumas pessoas tb e qdo eu sentia que ia ser a minha vez… ele disse que me levaria para casa, mas pedi para ir para onde minha esposa estava… e ele disse ela está em Santa Cruz… e perguntei se poderia ir lá… ele disse que sim… só pediu que eu pensasse levemente nela qdo de repente fui… e desci numa espécie de laje (em uma comunidade) e minha esposa estava lá com um senhor sorridente e uma senhora… enfim… qdo voltei estava leve feliz… chamei minha esposa para acordar e contei… ela começou a chorar e disse pelas descrições que eu dei, que era o padrinho dela que tinha sido assassinado há mais de dez anos atrás… qdo contei ela chorou e me abraçou e disse… André… vc descreveu o meu padrinho e minha madrinha!!!

      Gostaria de fazer uma pergunta? Não frequento mais o Kardecismo… lia bastante na época… me afastei porque tinha muitas visões pesadas… Mas hj sendo cristão… frequentando uma igreja evangélica… mas possuo o maior amor e respeito pelo espiritismo.

      A pergunta seria! SANTA CRUZ é uma colônia espiritual ou seria o Bairro de Santa Cruz… que na verdade nunca fui e nem sei como é?

      e a outra pergunta é se este rapaz seria o meu mentor espiritual?

      Essa foi a primeira viagem astral lúcida que fiz!

      Desculpe os detalhes, mas é que fiquei muito emocionado e tenho certeza que não foi um sonho, pq senti o meu corpo sair levemente e retornar com a mesma paz!!!

      Que Deus abençoe a todos e desculpe o número de linhas!

      • Roberto Pineda disse:

        Olá André

        No astral há uma infinidade de lugares

        O lugar que você descreve tanto pode ser um bairro, como um lugar no astral

        Este jovem que você percebeu e que lhe orientou, provavelmente é algum amigo espiritual seu, ou alguém que apenas quis ajudá-lo

        Pela que você descreve, sua experiência parece ter sido uma projeção sim

        Projeção independe de religiões, pois é apenas percepção do ambiente astral

    16. ALBERTO CORREA disse:

      Prezado Roberto Pineda,

      Obrigado novamente por postar gratuitamente suas experiência.
      Então novamente a fronteira entre EU e NÃo-EU te pareceu confusa ?

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Alberto

        No início das experiências, se manifestar no corpo de outra pessoa, é algo surpreendente

        Porém, depois passamos a entender o que está acontecendo

    17. Jorge disse:

      Cara, você não percebe que tudo isso é alucinação da sua cabeça? Não existe consciencia, a ciência já quebrou esse mito, você não ta no corpo de outra pessoa, não existe “TODO”, é cada um por si rapaz.

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Jorge

        Procure entender que nossa consciência apenas se manifesta no físico

        O cérebro físico é uma massa encefálica que quando a pessoa morre se transforma apenas numa “meleca” que escorre pelos orifícios do defunto

    18. Laura disse:

      Olá dr, eu queria muito entrar no corpo de alguma pessoa, qualquer uma, só para sentir a sensação, nada mais, até porque gosto da minha vida, como faço isso?

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Laura

        Quando estiver projetada, é necessário entrar em sintonia com a outra pessoa, de forma que ela não rejeite a sua manifestação e pense ser ela mesma

    19. tiago disse:

      Ola dr eu queria entrar no corpo de outra pessoa como faço isso eu vi sua resposta mais n ajudou,como faço?tem alguma reza pra eu projetar no corpo dela?

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Tiago

        Tudo é energia, vibração, sintonia, coração

        Para entrar em sintonia, a pessoa tem que vibrar em uníssono

        Ou seja, dependendo das intenções, a outra pessoa pode rejeitar instintivamente tal sintonia


    Marido preso

        Hoje (17/06/2017) eu estava no astral quando fui ...

    Mudança rápida de

       Hoje (15/05/2017) eu estava projetado observando o movimento de ...

    Em um corpo tatuado

       Na segunda-feira (24/04/2017) eu estava projetado e entrei em ...

    Torrões de solo

         Hoje (14/04/2017) por volta de 18:30 hs, aproveitando ...

    Percebendo o envio d

       Esta noite (09/04/2017) meu neto veio dormir na ...