"O QUE É PROJEÇÃO ASTRAL?
Todas as noites, nossa consciência deixa de se manifestar no corpo físico e passa a se manifestar livremente num universo infinito de coisas fantásticas e maravilhosas... Habituada a esta situação, nossa consciência anseia por se libertar desligando-se instantaneamente de um cérebro físico preso a crendices, medos, condicionamentos e limitações Entretanto, quando a pessoa começa a se libertar de suas "barreiras" e a transcender a si mesma, também começa a ocorrer um fenômeno conhecido por diversos nomes: projeção astral, projeção da mente, desdobramento espiritual, projeção da consciência, sair consciente do corpo físico, experiência fora do corpo (EFC), viagem astral, etc. Porém, para mim, que vivencio este fenômeno todas as noites, passei a considerá-lo como um estado de "CONSCIÊNCIA EXPANDIDA", através do qual, posso pesquisar, investigar, analisar, realizar experiências, etc..."

Mal-Estar e Tatuagens

Hoje (31/12/2009) eu estava projetado e fui atraído pelas impressões de mal estar de uma menininha de pouca idade

 

Seus familiares só perceberam quando seu estado se agravou, levando-a ao pronto socorro.

 

Percebi que ela tem problemas nos pulmões com acumulo de impurezas

 

Muitas crianças desenvolvem problemas nos pulmões devidos suas mães serem fumantes

 

Apesar deste caso não ter nada a ver com tatuagens, o acumulo de impurezas nos pulmões da menininha, levou-me a lembrar de uma experiência que tive com presidiários denominada “PRESIDIÁRIOS: TANTOS CASOS…” que poderá ser lida no link abaixo:

 

 http://projecaoastral.com/experiencias/presidiarios-tantos-casos

 

Onde tive a impressão que a tinta de suas tatuagens, ao longo do tempo, entra na circulação sanguínea e vai se alojar nos pulmões, causando problemas respiratórios… E com repercussões no respectivo corpo astral que se ressente da “agressão física”, causando deformações.

 

Eu não tenho tatuagem e pretendo nunca fazer alguma, pois acho uma coisa feia, de mau gosto, uma falta de respeito e de desamor com a própria pele, além do quê não gosto de marcas no meu corpo, me incomodaria sobremaneira algo definitivo que não sai mais. Por isso, não posso observar em mim os efeitos ao longo dos anos.

 

Se você tem alguma tatuagem e ou pretende fazer alguma, é melhor ficar esperto, pois pelo que eu sei ainda não existe histologia médica a respeito de tatuagens

 

Além do quê, há sempre presente o risco de contaminação por bactérias que causam infecções e doenças

 

 

 

 

 


Artigos Relacionados

  • » Marido preso
  • » Mudança rápida de ambiente
  • » Em um corpo tatuado
  • » Torrões de solo
  • » Percebendo o envio de mensagem pelo celular
  • » Duas mulheres em outro planeta
  • » Depois da morte
  • » Pessoas em desespero
  • » Corpos no chão
  • » Salão do passado
  • 18 Comentarios Até agora

    1. Ternu disse:

      Há a possibilidade de alguém , em projeção, sem ser desencarnado, molestar sexualmente uma pessoa de sua querência sem correspondência afetiva.

    2. Roberto Pineda disse:

      Pude perceber através de minhas experiências que estando projetado, ao tocar no corpo físico de um encarnado, posso senti-lo
      Por isso, penso que sim, um projetor mal intencionado poderia molestar sexualmente uma pessoa
      Entretanto, também penso que dificilmente um projetor mal intencionado conseguiria ter desenvoltura e lucidez suficientes para tal, por causa de suas vibrações e sintonias

    3. Gleidson Moraes disse:

      Gostaria de aprender sobre projeção… acho que não deve ser facil mais estou disposto voce pode me ajuda a compreender….?

    4. JUNIOR OPINIÃO disse:

      Olá Sr. Pineda, boa noite!
      Sim, concordo, quem olha do topo da montanha tem uma perspectiva diferente de quem olha de cima para baixo, humilde e sensata sua exemplificação.
      Os espíritos de alta elevação, em síntese, mentores, amparadores, até mesmo alguns raros encarnados que já atingiram um alto nível consciência, esses são sutis, estão muito além do topo da montanha e da compreensão humana, estes sim vive a verdadeira “vida do espírito” e tem sabedoria para abordar determinados temas para alertar, ensinar e orientar ao invés de confundir e gerar polêmica desnecessária, ao contrário de nós, que somos simples exploradores enjaulados na prisão densa e grosseira da carne, alguns de nós com um pouco de conhecimento praticando algumas técnicas nos projetamos nas primeiras frequências umbralinas próximas da crosta para tatear como cegos regiões e contatar criaturas na maioria das vezes em desequilíbrio e dementadas quase sempre em complicados estados espirituais, isto para nós, homens limitados num vaso de carne, é grandes coisa, veja que sem destreza basta uma emoção um pouco mais forte e somos tracionados imediatamente para o corpo físico, no entanto, o que fica certamente ajuda a modificar a visão do mundo material, trás melhorias significativas para vida terrena, é como “quem tem um olho só em terra de cego é rei”, isto é muito pouco ou praticamente quase nada quando temos a oportunidade de ter uma enorme abertura consciencial e apenas ficamos limitados a visões estreitas e mesquinhas baseadas em observações periféricas, ou seja, como se tivéssemos a capacidade de subir a montanha e ao invés disso ficarmos ao pé do morro observando os índios, suas pinturas, seus artesanatos, e alertando o resto da tribo sobre essas futilidades típicas de quem não enxerga um palmo a frente do próprio nariz.
      Espíritos de alta elevação jamais lançam uma ideia de sentido duvidoso, são simples e diretos, portanto são logo compreendidos, jamais causam constrangimentos a ninguém, são os opostos da visão tacanha e materialista que age por preconceito, vaidade e orgulho nivelando tudo o que enxerga baseado na posição rasteira na qual se encontra, porém compreensível, na condição de ser encarnado e limitado que é neste planeta terra muito atrasado na escala evolutiva dos mundos.
      Falando “metaforicamente”, o corpo e uma roupa que veste o espírito temporariamente, é como um escafandro para um mergulhador que precisa interagir por algum tempo no fundo do mar e depois deverá devolverá seu equipamento para voltar a sua origem verdadeira. Essa roupa ou equipamento uma vez utilizado, gastado, envelhecido e estragado com a ação natural do tempo é devolvida por ter se tornado imprestável. Será que alguém que compra ou ganha uma jaqueta novinha de couro se quiser colocar alguns botons, imprimir um silk screen vai correr o risco de destruir com o produto? A nível de gosto sim, pode ficar legal ou horrível, depende da perspectiva, uma coisa é certa, com o tempo essa jaqueta vai se desgastar e ir para o lixo, ou mesmo estragada alguém vai continuar fazendo uso? Se o dono for materialista, mesmo não admitindo, ficará apegado a um pedaço de couro, vai defender essa ideia porque este é o seu momento. Que mal espiritual causaria ao proprietário do corpo físico no usufruto da veste que lhe foi confiada se resolvesse desenhar e pintar na própria pele, indo mais além, por achar que quem não faz é careta e de repente até na sua falta de personalidade por ter se inspirado em alguém bossal que desfila e exibe na mídia tatuagens que contagiam o modismo, ainda assim respeitando o momento deste irmão que não é melhor nem pior do que nós se viesse a decidir que deveria marcar sua pele permanentemente até o fim da existência? É algo muito bobo, supérfluo para ser considerado, é uma decisão pessoal, absolutamente de foro íntimo, é algo que cabe somente a quem decide fazer, algo que não vai mudar a personalidade do individuo, se a pessoa não presta com tatuagens, não será diferente sem a mesma estampada na pele, percebe como é algo banal, bobo? haja vista uma corja de ratos desprezíveis com suas prováveis peles ainda “limpas” ao ponto de vista social dito “politicamente correto” que aparentemente são sérios, doutores, boa aparência, vestidos com ternos de grife, andando de carros importados, desfilando com maravilhosas damas e cercados de belos filhos, com a oportunidade de ajudar milhares de pessoas na mesma busca evolutiva, entretanto, aproveitam para se promover nas tvs, trepados em palanques, e quando são eleitos para nos representar lá no governo metem a mão no dinheiro público desviando milhares de reais que deveriam ser utilizados na educação, na saúde, no saneamento básico, na morádia, enfim, nestes casos que diferença faz não ter um pingo de tinta na pele ? Sim, que diferença moral e consciencial faz a tinta na pele nestes casos? A tinta ao contrário do que o senhor disse, com todo respeito, jamais será permanente, não para o espírito, é um adorno que acompanhará o corpo perecível enquanto este existir, e para alguém chegar ao ponto de se arrepender por ter feito uma tatuagem, que sirva de lição para dá próxima vez escolher algo que seja mais agradável ao seu tipo de gosto, e se for o caso gaste bastante dinheiro para fazer o trabalho num lugar reconhecidamente confiável, nada mais que isto. Quanto aos riscos para saúde, muita coisa é arriscada, até quem se julga estar trepado sentado no pico de um morro tomando conta da vida alheia poderá cair em diversas situações por ignorância do assunto, é óbvio que se alguém faminto resolver comer numa boca de porco qualquer será diferente se buscar um restaurante limpo e de qualidade para saciar seu apetite, comer um lanche contendo maionese numa rede credenciada não é mesmo que comer o mesmo tipo de lanche na barraquinha da esquina numa avenida movimentada exposta a todo tipo de bactérias, se a pessoa contrair uma infecção alimentar por conta de uma salmonela será grande as chances de entrar em óbito o que não é raro. Se o modista fizer a tatuagem no tio zé da esquina também poderá contrair uma infecção, um hiv, uma hepatite, ou qualquer outro vírus.
      O homem está tão encarnado e primitivo que muitos neste momento guardam carne na geladeira para depois comer com a família reunida, existe coisa mais impulsiva, inconsciente e inconsequente pior que esta? Todo mundo é influenciável, e por sua vez influência também, seja qual for o assunto, politica, religião, esportes, gastronomia, e porque não no comportamento? na moda? nos adornos para o corpo? Bobagens e futilidades transitórias que servem para distrair e nada mais que isto, desde que não caia no campo dos desequilíbrios, das extravagancias, do ridículo, mesmo assim, a partir do instante que não traga prejuízos a outrem, o problema é de quem decide como quer viver e como acha que deve se comportar, afinal se algo sair errado ele vai ser vitima de si mesmo, pois se Deus que é Deus inteligência suprema causa primária de todas as coisas do universo, sendo o criador, permite até que alguns homens limitados provenientes da sua própria criação sejam céticos negando sua existência, observa do topo da montanha do universo deixando que vivessem como pseudo-sábios por se acharem autossuficientes numa ilusão que diante da eternidade é meramente passageira, um dia esses mesmo homens que engatinham como bebês cagados se esgotam de suas pequenas experiências para que possa, encarar a razão face a face e perceber que individualmente não chegará a lugar nenhum nesta jornada espiritual rumo a perfeição. Quem somos nós para alertar este ou aquele que algo tão pequeno como um desenho na pele é bobo, feio, e se fizer é um chato? Perante as coisas mais importantes para o espírito é algo irrelevante.
      Qualquer novato que estuda espiritualidade sabe que toda repercussão tem origem nos pensamentos e nas atitudes desequilibradas que levam a práticas de certos atos que podem causar efeitos com consequências ruins que voltam para si mesmo num efeito bumerangue, isto sim faz a diferença e não a aparência que é algo superficial. É como um artista famoso com seus porsches ou uma ferraris novíssimos, se o proprietário quiser ele vai e cola um adesivo, dois, três. Não é algo convencional para esses tipos de carros que são verdadeiras obras de arte motorizadas, alguns vão se aproximar e adorar, vão se deixar influenciar e até colar os mesmos adesivos em seus fusquinhas, chevettes, charretes, outros no entanto, vão achar ridículos e ficarem horrorizados, mas na essência nada dessa bobagem vai influenciar na potência do motor, no alinhamento, no balanceamento, nos faróis, seja dos automóveis importados ou dos populares. A questão é para um nível de compreensão acima da perspectiva que fica engessada de um lado só, vai depender do condutor, se este tem habilidade, se é responsável, se obedece as leis de transito, enfim, um piloto pode ter um belo carro sem nenhum tipo de adesivo é ser péssimo para guiar, inevitavelmente vai arrebentar o carro num poste ou ferir pedestres por pura falta de prudência cometendo bobagens por invigilância e irresponsabilidade por se achar equivocadamente bom no volante.
      Não é a tatuagem, nem o piercing, ou seja lá mais o que for que serão os responsáveis por determinar o nível consciencial de cada um.
      É básico e comum no nível de vida deste planeta, estamos envoltos num oceano de pensamentos, ideias e trocando energias constantemente, portanto, por orgulho, por falta de humildade, independente de nível evolutivo estamos no mesmo “barco”, muita gente não tem coragem de assumir a vontade de descobrir certas experiências e procuram meios para não admitir isto, alguns respeitam, outros atacam, e muitos velhacos disfarçadamente lançam um argumento qualquer no ar e vão pegando o próprio gancho para formar uma opinião mascarada como informação dentro de um ponto de vista parcial, quem não está atento aceita a sugestão e toma num gole só. O que realmente importa e faz a diferença para o espirito são os pensamentos e as energias pela forma como são envolvidos nos processos deste e do outro lado da vida, estes sim são importantes e certamente interferem na vida do corpo e do espírito.
      Nosso corpo físico deve e tem que ser respeitado, logicamente é claro que se trata de um empréstimo divino, logicamente se houver o mal uso deverá haver uma prestação de contas que repercutirá de forma negativa no corpo espiritual e consequentemente no corpo físico do porvir do mesmo depositário. Mas, levantar um argumento sobre o que poderia ser bom ou mal para o uso do corpo físico e suas repercussões para o espírito daria teses e mais teses de doutorado, e ainda assim seria totalmente limitado para visão estreita dos parâmetros terrenos.
      Existem “situações e situações”, existem aquelas que são óbvias como os suicídios conscientes e inconscientes, ainda assim levando em conta pelos seus agravantes e atenuantes, e quem somos nós prisioneiros da carne para julgar o que seria certo ou errado? Estamos todos nivelados por baixo neste planeta para alguém se achar no direito de se pronunciar para fazer certos tipos de alertas deve tomar o máximo cuidado para não tropeçar em contradições e argumentos superficiais e sem respostas, mesmo sendo uma questão de perspectivas, quem tem o poder de empunhar um microfone, abastecer um web site com informações, tem um canhão nas mãos que pode propagar falsas impressões e formar opiniões para aqueles menos esclarecidos, este é o “X” da questão, fica parecendo conversa de politico, como se algo que a pessoa tivesse visto e não agradado viesse a levantar uma bandeira contra aquilo que para ela é errado e levado adiante sem entendimento do que diz, portanto, é muita pretensão e muita presunção nos colocarmos na posição de conscientizadores com base na cegueira daquilo que enxergamos de dentro do buraco do umbral. Sim, algumas coisas vale a pena alertar, enfaticamente “alertar”, não só através de experiências individuais, mas com inteligência, sabedoria e humildade, estudando mais, comparando, pesquisando, investigando, e ainda assim quando achar que tal situação deve ser divulgada, expor o assunto com ressalvas. Se for diferente disto, se houvesse comparação seria agir próximo da visão de uma criança que mal saiu dos cueiros, aprendeu a andar, e por ter ficado um pouco mais crescidinho conseguiu subir no muro do quintal e viu a rua, os carros e algumas criaturas que nela transitam, algumas com tatuagens, outras com piercings, ouras com cabelo colorido, outras brancas, amarelas, negras, magras, gordas, carecas, cabeludas, etc. Além dessa rua, foge ao alcance da visão dessa criança a existência de diversos bairros que formam a cidade, essas por sua vez junto a diversas formam os estados, depois esses estados formam os países, e os continentes, e o mundo todo. Essa mesma criança vai descer do muro e contar o que viu para os seus irmãozinhos, será que esta criança vai ter condições de definir o que é o mundo para os seus irmãozinhos baseado na experiência periférica que teve? Será que subindo e descendo da altura de um muro bem menor essa criança será melhor que os demais para lhes dizer o que é certo ou errado e como deveriam agir simplesmente baseado em suas experiências vulgares limitadas a enxergar não mais além que a cerca da casa? Se esse pequenino tivesse escalado o Himalaia ainda seria limitado demais sua visão e suas perspectivas!
      É um assunto amplo e inesgotável.
      Como o senhor mesmo disse é uma questão de perspectivas e deve ser respeitado.
      Cada tem a sua, e diversas outras certamente existirão, quanto a verdade, quem está certo ou errado, estamos engatinhando evolutivamente, no nosso nível tudo deve ser analisado e levado para reflexão com carinho e humildade.
      Desculpe se disse alguma coisa que não foi bem compreendida.
      Gosto muito deste site, leio atentamente seus relatos sobre experiências fora do corpo.
      Continuarei sempre acompanhando .
      Quando puder escreverei.
      Saudações!
      JUNIOR OPINIÃO
      SÃO PAULO

    5. MARILETE disse:

      JÁ ME SENTI MOLESTADA POR UM PROJETOR ISSO ACONTECEU POR TER SINTONIA DE ENERGIA MINHA E DELE .

      POR FAVOR ME RESPONDA

    6. Laura disse:

      Olá, Roberto!
      Já tive muitos sonhos perturbadores… Mas como assim você é projetado? Você conscientemente está ativo em alma em algum lugar, mas seu corpo não? Não entendo isso; por favor, responda-me, quero entender mais a respeito.
      Aproveitando minha passagem, ando tendo sonhos com vários garotos, que vêm atrás de mim. Há até dois anos, nunca consegui correr normalmente em sonhos, apenas nesses que me perturbam realmente e parecem ser reais, tanto que acordo gritando, de tanto medo. O que isso pode significar?

      Grata.

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Laura
        Numa explicação simples:
        Nossa consciência não é física, mas apenas se manifesta no físico
        O que denominamos como “Projeção Astral” é apenas o ato de nos tornarmos conscientes no plano espiritual.
        Ou seja, nossa consciência se retrai (deixa de se manifestar no físico) e passa a se manifestar no astral ou mundo espiritual
        Quanto aos garotos, sugiro que você os enfrente. Isso poderá fazer com que você se torne consciente no astral e se livre deles definitivamente

    7. marcio disse:

      tenho no corpo varias tatuagens e elas nunca me interferirão nas minhas experiencias fora do corpo
      e nem no meu corpo astral
      sei que a muita critica em torno da tatuagem mais acho que isso eh um tabu em torno disso

      queria falar tbm q depois de tres anos aproximadamente a pessoa tatuada pode doar sangue normalmente sem problema algum de contaminação

      abraço amigo adorei o site muito bom msm vou estar sempre acompanhando ^^

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Marcio
        Ainda não há “historologia médica” a respeito das tatuagens
        É o caso de se aguardar para ver… E pelo que eu vi, estando projetado, não é boa coisa

    8. Breno Volpini disse:

      Gostei da opinião, mas nem acho que seja tanta agressão ao corpo.
      E penso que a pessoa só leva essa aparência da tatuagem ao corpo astral se ela se identificar com isso; se depois de muitos anos nao se identificar mais, certeza de que não estará mais em seu corpo astral.

      Não gosto muito desse “não há pesquisas científicas que comprovam isso”. É melhor vermos a questão e ver o que nossa percepção e intuição diz do fato.

      Haja vista o tal Dr Drauzio Varela tentando deslegitimar nossas receitas com ervas medicinas caseiras com o argumento de que não “pesquisas científicas”.
      Ora, ora.. muita arrogância da parte dele, não?

      Muita gratidão por compartilhar os ensinamentos.

      • maria ignez bortaliero disse:

        como posso saber q e viagem astral? sonho sempre com bolas como se fosse um mundo passando por mim e eu querendo agarrar.

        e ai o que faço?

        • Roberto Pineda disse:

          Olá Maria Ignez

          As vezes eu enxergo no astral formas coloridas de energia

          Veja por exemplo minha experiência denominada “Formas de energia colorida” que poderá ser lida no link abaixo:

          http://projecaoastral.com/experiencias/formas-de-energia-colorida/

          Na projeção você está lá, da mesma forma que está aqui no físico neste momento, podendo fazer o que quiser

          Continue suas experiências e aos poucos poderá começar a fazer comprovações posteriores no físico

    9. Gleici disse:

      Ola Gostaria de tirar uma duvida,todas as minhas viagens astral eu consigo me ver,algumas vezes me vejo sendo usada por um espirito ajudando outra pessoa.obrigada

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Gleici

        Eu entendo que, ao ajudar outra pessoa, você também está aprendendo

        Sugiro que você procure observar melhor e conversar com este espírito

    10. Geovanna disse:

      Olá! Gostaria de saber porq saio do corpo mesmo sem quere? eu escuto uns estalos tipo sendo arrancada do corpo e me seguro para não sai, as vezes já projetada Caio até no chão. Vou várias vezes a um mesmo ligar parece uma estrada de sítio. E n sei oq vou fazer la.

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Geovanna

        As vezes nossa consciência quer despertar a mente física e começa a promover percepções

        Não tenha receio de nada e procure aprender com suas experiências


    Marido preso

        Hoje (17/06/2017) eu estava no astral quando fui ...

    Mudança rápida de

       Hoje (15/05/2017) eu estava projetado observando o movimento de ...

    Em um corpo tatuado

       Na segunda-feira (24/04/2017) eu estava projetado e entrei em ...

    Torrões de solo

         Hoje (14/04/2017) por volta de 18:30 hs, aproveitando ...

    Percebendo o envio d

       Esta noite (09/04/2017) meu neto veio dormir na ...