"O QUE É PROJEÇÃO ASTRAL?
Todas as noites, nossa consciência deixa de se manifestar no corpo físico e passa a se manifestar livremente num universo infinito de coisas fantásticas e maravilhosas... Habituada a esta situação, nossa consciência anseia por se libertar desligando-se instantaneamente de um cérebro físico preso a crendices, medos, condicionamentos e limitações Entretanto, quando a pessoa começa a se libertar de suas "barreiras" e a transcender a si mesma, também começa a ocorrer um fenômeno conhecido por diversos nomes: projeção astral, projeção da mente, desdobramento espiritual, projeção da consciência, sair consciente do corpo físico, experiência fora do corpo (EFC), viagem astral, etc. Porém, para mim, que vivencio este fenômeno todas as noites, passei a considerá-lo como um estado de "CONSCIÊNCIA EXPANDIDA", através do qual, posso pesquisar, investigar, analisar, realizar experiências, etc..."

Homenagem Póstuma no Astral

Tenho o hábito de ler por curiosidade a seção de necrologia do jornal de minha cidade, pois de vez em quando eu leio o nome de algum conhecido que desencarnou.

Esta semana li um nome que me chamou a atenção, talvez por ser meio diferente.

Ontem (15/11/2003), eu estava no astral e encontrei uma espécie de mural com fotografias e imagens homenageando de forma saudosista o tal falecido.

Eram fotografias de uma nitidez impressionante…  elas retratavam o falecido em situações rotineiras, como por exemplo, uma ida a um estádio de futebol, passeios, etc.

Porém, chegando mais perto pude observar que as fotografias ou imagens apresentavam movimentos  de curta duração, isto é, mostravam a pessoa dando alguns passos, acenando, etc.

Deduzi que sejam familiares e amigos saudosos, prestando uma homenagem ao falecido e que estavam usando uma tecnologia do astral, pois desconheço tal similaridade no físico.

De repente eu pensei:

“Mas aqui é o astral… será que até aqui eles ainda pensam que o cara morreu??”

Esta sensação de estranheza me puxou de volta para o meu corpo físico.

Será que as crendices religiosas levam os familiares e amigos a pensarem que o ente querido está no “céu” onde eles não têm acesso?

Será que eles não percebem que estão no astral e que talvez pudessem encontrar o falecido que continua “vivinho da silva”?

É interessante constatar que muitas pessoas ainda não percebem (quando estão lá) que o astral não é o físico.

 


Artigos Relacionados

  • » Um anjo no céu
  • » Leitos 6 e 7
  • » Estréia documentário "Voadores"
  • » Forno crematório
  • » O diabo no telefone
  • » Observando o céu
  • » Observando alienígena
  • » Marido preso
  • » Mudança rápida de ambiente
  • » Em um corpo tatuado
  • 1 Comentario Até agora

    1. Leandro disse:

      “as fotografias ou imagens apresentavam movimentos de curta duração, isto é, mostravam a pessoa dando alguns passos, acenando, etc.”

      Isso já ocorreu várias vezes comigo.


    Um anjo no céu

           Esta noite (08/10/2017) eu estava projetado dentro ...

    Leitos 6 e 7

       Esta noite (29/09/2017) adquiri consciência em plena atividade ...

    Estréia documentár

        Evento para convidados na estréia ontem (24/09/2017)  no ...

    Forno crematório

        Esta noite (04/09/2017) fui atraído pelas vibrações, sensações ...

    O diabo no telefone

         É interessante observar como, mesmo num ambiente onde ...