"O QUE É PROJEÇÃO ASTRAL?
Todas as noites, nossa consciência deixa de se manifestar no corpo físico e passa a se manifestar livremente num universo infinito de coisas fantásticas e maravilhosas... Habituada a esta situação, nossa consciência anseia por se libertar desligando-se instantaneamente de um cérebro físico preso a crendices, medos, condicionamentos e limitações Entretanto, quando a pessoa começa a se libertar de suas "barreiras" e a transcender a si mesma, também começa a ocorrer um fenômeno conhecido por diversos nomes: projeção astral, projeção da mente, desdobramento espiritual, projeção da consciência, sair consciente do corpo físico, experiência fora do corpo (EFC), viagem astral, etc. Porém, para mim, que vivencio este fenômeno todas as noites, passei a considerá-lo como um estado de "CONSCIÊNCIA EXPANDIDA", através do qual, posso pesquisar, investigar, analisar, realizar experiências, etc..."

Ele saiu das regiões umbralinas

Ele saiu das regiões umbralinas                Esta noite  (21/10/2018) reencontrei um desencarnado que estava preso nas regiões umbralinas, conforme relatei na experiência que poderá ser lida no seguinte link :

Preso nas regiões umbralinas

No astral as pessoas se encontram e ou reencontram por sintonia, interesses em comum, etc.

Senti/percebi que ambos fomos atraídos para o mesmo local devido estar ali perto aquela mesma pessoa que levei para ver ele, naquela experiência e pelo jeito, ambos sentimos vontade de vê-la novamente

O pavilhão em que estávamos, numa colônia espiritual, tinha na entrada umas letras em latim, porém, não consegui memorizá-las

Fiquei próximo dele (tinha muitas pessoas lá)  e passei a observá-lo, com curiosidade

Ele agora estava bem, perdeu aquele aspecto sombrio, perdeu também as estranhas asas, semelhantes a morcego, ficando com a aparência normal, próxima a que ele tinha na Terra, quando encarnado

Senti/percebi que ele ainda estava preso a certos condicionamentos do físico, pois ele estava incomodado com o que ele achava mau uso, de um papel/documento que havia assinado quando encarnado, pelas pessoas aqui na Terra

Revoltava-se com aquilo e questionava ingenuamente se não tinha uma forma de apagar sua assinatura e ou dar fim naquele documento

Percebi então que um homem o acompanhava de perto, era  uma espécie de “orientador”

Observei que tantos anos se passaram desde o seu desencarne, ficando depois preso nas regiões umbralinas, agora tinha saído de lá, porém, ainda necessita de um orientador em sua vida espiritual

No astral sentimos e percebemos os pensamentos e sentimentos das pessoas e por isso, quando temos entendimento, podemos compreender com certa facilidade os acontecimentos

Entretanto, é interessante observar como alguns desencarnados levam tanto tempo para assimilar e ou se ambientar na realidade da nova vida espiritual


Artigos Relacionados

  • » Transe hipnótico grupal
  • » Chicotadas
  • » Um paraíso se desvanecendo...
  • » Um capeta e depois outro
  • » Vai demorar ???
  • » Escuridão total
  • » Hospital de caridade
  • » Reassumindo o corpo astral
  • » Uma mulher alta
  • » Aflições e desespero
  • 11 Comentarios Até agora

    1. John disse:

      Olá, Roberto!

      Há alguma forma de saber se estamos no caminho certo? Ou seja, se estamos fazendo o necessário para cumprir o que viemos cumprir aqui nesta encarnação? Sei que há os registros no astral de tudo o que fizemos, mas haveria alguma forma digamos assim, mais simples de sentir se estamos no caminho certo?

      Um grande abraço e parabéns pelos seus relatos. São muito autênticos e inspiradores.

      • Roberto Pineda disse:

        Procure sentir, perceber, intuir, com sua alma, com seu coração
        Geralmente o que chamamos de intuição é apenas percepção de nossa consciência

    2. Céu disse:

      Por favor nos conte mais experiências, já li quase todas e estou amando!

    3. Pedro Maia disse:

      Roberto, atualmente estou tomando antidepressivo e as vezes sinto uma sensação que lembra a que antecede a paralisia do sono, só que bem menos intensa e sinto isso acordado (efeito da medicação). É possível que certos tipos de medicamentos, por exemplo, antidepressivos, possam facilitar a projeção astral?

      • Roberto Pineda disse:

        Buscamos através das nossas projeções a consciência límpida para melhor aproveitá-las

        Ou seja, livres de quaisquer interferências

        Entretanto, projeção é apenas PERCEPÇÃO, seja em quaisquer condições ocorrerem

    4. Edgar Rocha disse:

      Sr. Piñeda. Como vai? Me chamo Edgar e tenho acompanhado suas experiências silenciosamente já faz algum tempo. Diante de tudo que estamos vendo no mundo, em especial no Brasil, parece que as coisas não vão muito bem. Temo pela perda de nossas liberdades neste futuro sombrio que tento não vislumbrar. Sei que não é um assunto muito pertinente aqui no teu espaço, mas decidi matar minha curiosidade e lhe perguntar: há alguma relação entre o que estamos vivendo e o plano astral? O senhor acha que o outro plano não está muito preocupado com a conjuntura em nossa realidade material ou isto preocupa também aos que estão desencarnados. O senhor já viu alguma destas pessoas mencionar algo sobre esta situação?
      Eu respeito muito o que o senhor relata porque eu já tive experiências deste tipo, embora involuntárias. Agradeço pela atenção antecipadamente.
      Meus Respeitos.

      • Roberto Pineda disse:

        Consciências mais esclarecidas NÃO INTERFEREM no mundo físico, pois sabem, sentem e percebem que somos livres e que cada um tem que aprender por si próprio

        Quem procura ajudar em alguma coisa, são apenas as consciências encarnadas e ou desencarnadas ainda muito atreladas ao ambiente físico

    5. Régis Marinho disse:

      Olá Roberto!

      Gostaria de saber como adquirir aquele Documentário, “Voadores” que você fez parte, junto com Wagner Alegretti e outros. Procurei email, site, contato… Não achei nada. Queria saber se você sabe como eu conseguiria adquiri-lo.
      Muito Obrigado!

    6. Jovair disse:

      Fico muito feliz em ler esse relato, pois há seis anos comentei no relato anterior, muito triste em saber da realidade desse irmão, infelizmente somos todos cheios de falhas e erros, mas a misericórdia de Deus prevalece e todos podemos contar com o socorro por mais que a situação seja adversa.

    7. Rafael Lucena disse:

      Interessante saber que o Sr. não nos abandonou!! Continue nos trazendo esses relatos quando tiver tempo. O Sr. está ajudando todos nós rumo ao esclarecimento de nossa existência, bem como está servindo de inspiração para estudarmos a espiritualidade.


    Ele saiu das regiõe

                    Esta noite ...

    Transe hipnótico gr

              Esta noite (23/07/2018) eu estava ...

    Chicotadas

                 Ontem à noite (17/07/2018) ...

    Um paraíso se desva

          Esta noite (25/05/2018) fui atraído pelas vibrações ...

    Um capeta e depois o

          Esta noite (20/04/2018) eu estava projetado quando ...