"O QUE É PROJEÇÃO ASTRAL?
Todas as noites, nossa consciência deixa de se manifestar no corpo físico e passa a se manifestar livremente num universo infinito de coisas fantásticas e maravilhosas... Habituada a esta situação, nossa consciência anseia por se libertar desligando-se instantaneamente de um cérebro físico preso a crendices, medos, condicionamentos e limitações Entretanto, quando a pessoa começa a se libertar de suas "barreiras" e a transcender a si mesma, também começa a ocorrer um fenômeno conhecido por diversos nomes: projeção astral, projeção da mente, desdobramento espiritual, projeção da consciência, sair consciente do corpo físico, experiência fora do corpo (EFC), viagem astral, etc. Porém, para mim, que vivencio este fenômeno todas as noites, passei a considerá-lo como um estado de "CONSCIÊNCIA EXPANDIDA", através do qual, posso pesquisar, investigar, analisar, realizar experiências, etc..."

Diferenças do Físico no Astral

Após observar em parentes próximos, em outras pessoas e em mim próprio que as criações mentais no astral são instantâneas e fantásticas, acho que habituei minha mente e deixei de enxergar diferenças na minha casa ou no meu bairro.

Quando estou projetado observo que os móveis de minha casa são os mesmos, os objetos são os mesmos, fora de casa a aparência de minha casa é a mesma e as casas dos vizinhos também.

O que aconteceu?

Será que o chamado duplo etérico existe realmente ou serão apenas criações instantâneas de nossas mentes as diferenças que antes eu via (e agora não vejo mais) e também outros projetores relatam?

Talvez alguém possa dizer, por exemplo, que eu estava projetado no plano mais denso e que nos planos mais sutis o duplo etérico existe… Será?
O que é mais importante para nós: permanecermos numa “realidade” mais palpável ou mais aceitável a nossa compreensão, ou deixarmos nossa mente solta criando coisas à vontade acreditando estarmos em planos mais sutis?

Começo a entender que devemos ter um pouco mais de cuidado ao nos referirmos ao chamado duplo etérico.
Nossa mente cria sem cessar… Mistura muitas coisas. Intercala imagens. Mistura as vezes lembranças de outros objetos, lugares, dependências, etc. e etc., desta ou de outras vidas
(já pensaram em quantas coisas nossos espíritos veem por aí sem estarmos conscientes no astral?), criando outros cômodos em nossas casas que na verdade não existem… Ou seja, nossa mente faz (se deixarmos) uma lambança danada com o que “vemos” a nossa frente quando projetados.

No astral temos que estar vigilantes o tempo todo…

Hoje (17/06/2003), por exemplo, eu estava projetado defronte minha casa e não vi diferenças na minha casa e nas casas dos vizinhos.

Resolvi num salto voar até o telhado.
A aparência das telhas era a mesma de sempre… O contato das minhas mãos com as telhas é que me pareceu ser diferente (passei as mãos nas telhas), mas deve ser devido meu corpo astral sentir o físico de forma diferente.

Em resumo, não estou afirmando que o duplo etérico não existe… Apenas estou levantando suspeitas, com base no que vejo, observo e analiso em minhas projeções.

Vou continuar investigando.

 


Artigos Relacionados

  • » Um anjo no céu
  • » Leitos 6 e 7
  • » Estréia documentário "Voadores"
  • » Forno crematório
  • » O diabo no telefone
  • » Observando o céu
  • » Observando alienígena
  • » Marido preso
  • » Mudança rápida de ambiente
  • » Em um corpo tatuado

  • Um anjo no céu

           Esta noite (08/10/2017) eu estava projetado dentro ...

    Leitos 6 e 7

       Esta noite (29/09/2017) adquiri consciência em plena atividade ...

    Estréia documentár

        Evento para convidados na estréia ontem (24/09/2017)  no ...

    Forno crematório

        Esta noite (04/09/2017) fui atraído pelas vibrações, sensações ...

    O diabo no telefone

         É interessante observar como, mesmo num ambiente onde ...