"O QUE É PROJEÇÃO ASTRAL?
Todas as noites, nossa consciência deixa de se manifestar no corpo físico e passa a se manifestar livremente num universo infinito de coisas fantásticas e maravilhosas... Habituada a esta situação, nossa consciência anseia por se libertar desligando-se instantaneamente de um cérebro físico preso a crendices, medos, condicionamentos e limitações Entretanto, quando a pessoa começa a se libertar de suas "barreiras" e a transcender a si mesma, também começa a ocorrer um fenômeno conhecido por diversos nomes: projeção astral, projeção da mente, desdobramento espiritual, projeção da consciência, sair consciente do corpo físico, experiência fora do corpo (EFC), viagem astral, etc. Porém, para mim, que vivencio este fenômeno todas as noites, passei a considerá-lo como um estado de "CONSCIÊNCIA EXPANDIDA", através do qual, posso pesquisar, investigar, analisar, realizar experiências, etc..."

“Aconteceu lá um negócio bom…”

Hoje (29/04/2013) por volta de umas sete (horas) e pouco da manhã, ao voltar para casa, após várias experiências no astral, encontrei um amigo e vizinho há quase dezoito anos
 
Fiquei maravilhado em vê-lo, de forma nítida, como se estivéssemos no físico
 
Observei atentamente que ele estava bem, com saúde perfeita, como se tivesse vindo na casa dele fazer alguma coisa, num dia normal de atividades no físico
 
Cumprimentando-o, falei para ele:
 
“Oi Jaime, como está???”
 
“Estou bem… Aconteceu lá um negócio bom… O médico disse que acertou a minha medicação… Ele disse que agora basta olhar para mim e já sabe o que eu tenho, a medicação que preciso… Estou curado…”
 
Falou isso e demonstrando estar se lembrando de alguma coisa voltou dentro da casa dele buscar…
 
Surpreso e maravilhado com aquele encontro, voltei sem querer para o meu corpo físico
 
Ocorre que este amigo desencarnou ontem (28/04/2013), pela manhã, no Hospital, onde estava internado havia uma semana, vítima de câncer no sistema digestivo
 
No sábado (27/04/2013) entre 12:00 e 13:00 hs, estive, junto com minha esposa, visitando-o no Hospital
 
Ele estava muito abatido, devido a cirurgia, estava “entubado” com oxigênio e outros aparelhos de medição e controle médico, olhou-nos com com certa surpresa pela visita e sorriu
 
A esposa dele que estava sentada numa poltrona próxima, disse que ele não podia falar, pois estava com soluço devido não estar comendo há uma semana, ficando só no soro e na medicação
 
Logo depois, ele fechou os olhos e adormeceu, durante todo o resto da visita
 
Hoje (29/04/2013) quando o encontrei e ele disse: “Aconteceu lá um negócio bom…”, ele se referia a excelente recuperação que teve no Hospital, achando que o médico tinha acertado na medicação e que ele “já estava de alta médica”
 
Percebi instantaneamente que ele ainda não tinha se dado conta da própria situação de desencarnado, achando que ainda continuava no físico, normalmente
 
O enterro dele deve acontecer daqui há pouco, as 9:30 hs da manhã
 
Vou ver se nos próximos dias consigo acompanhá-lo na sua adaptação da sua nova vida no astral e ver se consigo ajudá-lo em alguma coisa
 

Artigos Relacionados

  • » Observando o céu
  • » Observando alienígena
  • » Marido preso
  • » Mudança rápida de ambiente
  • » Em um corpo tatuado
  • » Torrões de solo
  • » Percebendo o envio de mensagem pelo celular
  • » Duas mulheres em outro planeta
  • » Depois da morte
  • » Pessoas em desespero
  • 80 Comentarios Até agora

    1. rafael disse:

      boa sorte Pineda, sortudo ele por ter um amigo como vc para auxilia-lo.

    2. Douglas Cordeiro de Souza disse:

      Boa-tarde Sr. Pineda,

      Esse dias estava lendo em um artigo sobre um caso que vem chamando atenção da imprensa mundial um professor de Harvard ficou em coma e diz que, mesmo com o cérebro desligado e quase sem chances de sobrevivência, passou esse tempo em um reino espiritual, e levando em consideração a posição dele como uma pessoa séria e “cética” qual a sua opinião sobre essa experiencia vivida por ele?

      Abraço,
      Douglas Cordeiro

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Douglas

        Infelizmente, aqui no físico é muito fácil considerarem uma pessoa como maluca, esquizofrênica e ou psicopata, bastando para isso a pessoa ir contra o consenso (sobre determinada coisa) estabelecido por crendices religiosas e ou ceticismo pseudosófico

        Ou seja, se alguém sair na rua dizendo que sai ou saiu do corpo, noventa e nove por cento das pessoas vão dizer que isso é maluquice e ou criação mental

        • Douglas Cordeiro de Souza disse:

          Entendo e concordo com o senhor, principalmente profissioais de faculdades que estudam o corpo humano, eles julgam que seus conhecimentos acumulados são uma “verdade absoluta” e dizem explicar qualquer fenomeno considerado extracorporeo se baseando em teorias e experiências, porém deveriam ter conciência de que muito pouco sabem sobre vários fenomenos desconhecidos a raça humana em geral. Gostei muito do relato do professor, por ser uma pessoa extremamente estudada no assunto “físico” de vida celebral e tal, ele deve servir de lição para céticos e pessoas que necessitam de “provas fortes” da existencia de vida pós túmulo. Aproveitando a conversa acredito que estou evoluindo devagar nas minhas percepções do astral, esses dias estava projetado e pude “ouvir” minha mãe me acordar antes de chegar ao corpo físico.

          Abraços
          Douglas

          • Roberto Pineda disse:

            Olá Douglas

            Continue atento e desenvolvendo sua percepção, pois projeção, clarividência, clariaudiência e outros, são apenas percepções da nossa consciência

    3. augusto oliveira disse:

      senhor Pineda você conseguiu desenvolver clarevidencia com sua projeções astrais?
      e se conseguiu como?

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Augusto

        Eu bloqueei minha clarividência, pois percebi que enxergar coisas do astral, estando aqui no físico, poderia prejudicar minha vida aqui no físico

        Numa ocasião fiz uma experiência no sentido de forçar a percepção do astral estando no físico e comecei a enxergar nuvens escuras dentro da minha casa. Percebi então que isso poderia prejudicar em muito minha vida aqui no físico. Aí tentei parar com aquilo e foi muito difícil parar

        Imagine o que seja frear o carro no meio do transito devido ter enxergado um espírito na sua frente…

    4. Alexandre disse:

      Ele melhorou, as coisas realmente se acertaram, não da forma que ele pensava, mas a “ficha cairá”, cedo ou tarde. Conte-nos o que souber sobre ele quando reencontrá-lo no extrafísico novamente Roberto.

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Alexandre

        Sim, provavelmente ele, aos poucos, irá se adaptar a nova vida no astral

        • Alexandre disse:

          É Roberto. Este seu relato me lembrou um outro seu, em que você assistiu um conhecido recém desencarnado durante o velório dele. A diferença é que nesta você estava projetado.

          • Roberto Pineda disse:

            Olá Alexandre

            Penso ser importante procurar retratar para as pessoas os tipos de contatos que podemos ter com desencarnados, sejam no físico ou no astral

    5. Juliette disse:

      os ‘doutrinadores’, pessoas que falam com os espíritos qdo estes se manifestam através dos médiuns, dizem que o mais comum é exatamente isso: os desencarnados não percebem que já não estão no corpo físico e vão pras suas casas, querendo conversar com seus parentes e, claro, eles não os vêem. ficam tristes, achando que estão sendo desprezados. na conversa com o ‘doutrinador’ se dão conta que desencarnaram.

    6. Rafaela disse:

      Olá.. Eu gostaria de saber há tempos estou tendo essa coisa de ficar presa no corpo sem poder se mexer e sem ar.. só que ultimamente tenho conseguido sair do corpo e saio por vários lugares só q .. ainda sinto meu corpo na cama.. por que isso? eu queria sair por aí.. sem ficar me sentindo deitada na cama ao mesmo tempo..
      tenho 13 anos ..
      abraços

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Rafaela

        Provavelmente isso está ocorrendo com você devido suas vibrações estarem densas e também devido aos conceitos e condicionamentos do físico

        Procure se desprender de conceitos e condicionamentos

        Procure também sutilizar suas vibrações, desenvolvendo e mantendo uma constante de bons pensamentos, sentimentos, atos, palavras, sintonias

        O astral é um ambiente muito sutil e isso (sutilizar as próprias vibrações) harmoniza e facilita em muito a sintonia e a percepção do ambiente astral

    7. Rafaela disse:

      Ah e meus pais nao acreditam mto em projeção astral eles dizem que isso é só um sonho.. q eu tenho q tirar isso da cabeça..
      mas eu acredito..

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Rafaela

        Procure não se deixar influenciar, por estes comentários e opiniões, pois eles criam condicionamentos que atrapalham a projeção

        Certamente eles não sabem que se fosse apenas sonho não haveria comprovações posteriores no físico de coisas e lugares, enxergados através das projeções, que o cérebro físico não tinha como saber

    8. Edgar disse:

      Geralmente comigo quando estou “sonhando”, são coisas desse tipo que acontecem, e eu nem me questiono pra tirar a dúvida ou ver se tem algum sentido o que está acontecendo. simplesmente aceito.

      “Estou bem… Aconteceu lá um negócio bom… O médico disse que acertou a minha medicação… Ele disse que agora basta olhar para mim e já sabe o que eu tenho, a medicação que preciso… Estou curado…”

      Será que ele estava em uma condição parecida, por não questionar a chance real de ser curado assim tão rapidamente e finalmente perceber o que acontece?
      Eu sei que é bem difícil…

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Edgar

        Geralmente a pessoa aceita aquilo tudo devido não estar totalmente desperta e ou não ter ainda compreendido direito o que está acontecendo

    9. Marcio Vidal disse:

      Bom dia Pineda,
      todos nós agradecemos!!

    10. Ewerton disse:

      Oi Roberto;
      é bem interessante essa experiência, sabe, as vezes tenho momentos que eu paro, olho ao meu redor e me sinto como se eu tivesse vivendo algo de como se este mundo não fosse verdadeiro sabe; como se fosse apenas uma passagem (que sabemos que o é); é como se no nosso intimo sabemos que não pertecemos a este mundo/plano e isso se prestarmos atenção se torna cada vez mais óbvio… cada pessoa tem seu tempo de desperta; digo isso porque há momentos em minha vida que do nada sei de forma clara que aqui não é meu lugar, como se eu ja estivesse ciente de tudo e tenho uma profunda certesa que algum dia eu, assim como todos “voltaram” para o lar aonde sei que é um lugar no qual eu tenho um grande laço de alegria e familiaridade; o que o senhor tem a dizer arrespeito disso que acorre comigo e que consequentemente com outras pessoas no mundo a fóra… ? Deis de já, muito agradecido Roberto.

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Ewerton

        Muitas pessoas tem este tipo de impressão, como se não pertencessem a este mundo

        Assim como, as vezes, temos a impressão que tudo à nossa volta é “tapeação”, isto é, coisas e situações para nos enganar

        Provavelmente são impressões de nossa consciência transmitidas para nosso cérebro físico

    11. dreamer disse:

      Sobre a Clarividência é interessante Pineda.

      Eu quando estou fora do corpo ( não sou nenhum Pineda heheh) vejo as pessoas com as roupas todas rasgadas em trapos , muitas parecem vestimentas do século XVIII ( não sei porque só vou pra lugares assim – com pessoas dessa época , no umbral eu sei que é porque trabalho muito e vivo estressado ).

      Então , num lance de clarividência, acordado no físico , vi uma mulher como se fosse névoa azulada ( que nem desses desenhos infantis , da mesma cor ) com a roupa em trapos , um cabelo loiro e a pele decomposta ,apesar disso parecia-me ser extremamente atraente quando jovem ou ter tido alguma ligação comigo , percebi mesmo no físico , num milésimo de segundo. Porém depois me bateu um medo desesperador , logo em seguida , pois me dei conta que estava no físico e senti um puta medo que ”aquela bruxa” me atacasse – se fosse no astral veria ela com essa atraência que senti em milésimos de segundo e veria ela na forma normal , mas no físico ela estava decomposta !!! Você começa a questionar sua sanidade com a clarividência.
      Eu não tomo nenhum tipo de remédio , e mesmo a minha mãe que toma 3 remédios para a saúde mental, nunca viu nada de ”espíritos” e coisas do tipo.
      É um perigo essa clarividência, eu bloqueei logo em seguida , e graças a Deus nunca mais tive. Isso pode inclusive afetar nossa sanidade acredito eu, pois nos vemos o que queremos, logo , um clarividente que com sono acorda para ir ao banheiro , e num lance de semiconsciência vê algum vulto escuro de sombra vai logo achar que são malfeitores e coisas do tipo enquanto na verdade é coisa do próprio cérebro físico.

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Dreamer

        Eu entendo que na clarividência não enxergamos com os olhos físicos e sim percebemos com a consciência

        Portanto, como no astral temos dificuldades em distinguir encarnados de desencarnados, na clarividência pode acontecer a mesma coisa

        Ou seja, pode ficar complicado para a pessoa, com clarividência muito aflorada, distinguir o que é físico do que é astral

    12. Allyson Silva disse:

      Olá Pineda, eu achei realmente emocionante o seu relato e queria aproveitar para tirar uma dúvida, a mais de 1 ano atrás eu costumava ter constantemente a “Paralisia do Sono” as primeiras vezes fiquei assustado mas depois de entender as explicações cientificas fiquei mais tranquilo e sempre que ocorria eu me acalmava e conseguia despertar. Algumas vezes a minha respiração também parava ou enfraquecia e por acordar com os batimentos muito altos eu começava a sufocar, era agonizante. Mas agora isso parece ter acabado, a última vez já tem alguns meses e creio que como as outras foi por conta do cansaço, sono pela parte da tarde onde não quero dormir. Porque será que nunca consegui ter uma experiência estranha durante essas paralisias? Apenas uma única vez durante o sono eu acordei e estava flutuando na rua da minha casa e logo voltei para o corpo, e por muitas vezes sonhei caindo ou aquele rápido cochilo que despertamos por um susto de queda. Se acontecer de eu ter novamente essa paralisia, como devo proceder para tentar uma saída do corpo?

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Alysson

        O fenômeno que descreve também é conhecido como “Catalepsia Projetiva”

        Os condicionamentos do físico são muitos fortes e aliados as densas vibrações, tornam-se “barreiras” para a saída do corpo

        Sugiro que quando acontecer novamente a chamada “Catalepsia Projetiva” procure iniciar um suave “balouçar” com seu corpo astral, para sair totalmente do físico

    13. Eder disse:

      Olá Roberto, desde a época que tinha 18 ou 19 anos comecei a perceber a mim mesmo dentro de sonhos e a controlá-lo, isso acontecia com uma frequência muito pequena (desde essa época eu já tinha ouvido falar e já pesquisava bastante sobre projeções astrais…). Porém, um tempo depois, aos 25 anos mais ou menos, fiquei feliz ao conseguir ficar consciente durante toda a saída do meu corpo pela primeira vez, e hoje, apesar de ainda conseguir isso não consigo ir além da minha própria rua, eu me sinto surpreso todas as vezes e então “acordo” novamente. Há algo que você faça que tenha o intuito de se acalmar nestes momentos?

    14. Isabella disse:

      Oi Roberto,

      Eu li em algum lugar, que comer carne antes de dormir, pode prejudicar a projeção…

      Pode ser verdade?

    15. Douglas Cordeiro de Souza disse:

      Olá,

      Roberto, qual é sua opinião sobre a polêmica lançada nos Estados Unidos nos anos 60: a criogenia, congelamento de corpos, à espera dos avanços da medicina. Esse processo evoluiu nos últimos anos e a procura aumentou. Atualmente, 190 pessoas estão congeladas e duas mil aguardam a vez na fila de espera.
      Quando essas pessoas são congeladas os corpos atrais ficam aprisionados no físico? ou será que eles saem?

      Abraço
      Douglas

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Douglas

        Nossa consciência não fica inativa nunca

        Por isso, eu entendo que se o cérebro físico ficar inativo, a consciência se afasta do corpo físico e vai cuidar da sua vida no astral

        A consciência só fica presa ao corpo físico e ou a situação se tiver muito apego e ou falta de entendimento

        Por exemplo:

        Numa ocasião encontrei uma consciência que devido a crendices religiosas criou um ambiente próprio se isolando do mundo externo e ficou lá por séculos

        Essa experiência denominada “Ajudando um homem do ano 1200” poderá ser lida no link abaixo:

        http://projecaoastral.com/experiencias/ajudando-um-homem-do-ano-1200/

    16. Estevan Martins disse:

      Olá Pineda,

      Continuando a pergunta do Douglas.
      Se um dia por possível fazer voltar a vida desses homens congelados, será que a consciência volta ao corpo? Ou serão apenas “zumbis”?

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Estevan

        Eu penso que há dois aspectos importantes na questão

        1 – A consciência pode estar reencarnada

        2 – Talvez nunca consigam reanimar tal corpo

        Entretanto, “se estiver em condições para tal”, a consciência é livre e pode fazer o que quiser

        • Estevan Borges Martins disse:

          Entendi.
          Mas tenho outra duvida, onde fica o espirito nesse caso? Pois no meu ponto de vista, a consciência apenas “habita” o corpo e espirito, ou posso estar enganado? O que você acha disso?
          Reanimar alguém depois de morto pode ser difícil, mas o que falar dos clones? são pessoas sem espirito e consciência?

          É bom ter alguém pra conversar sobre isso 😀
          Obrigado Pineda.

          • Roberto Pineda disse:

            Olá Estevan

            Percebi, através de minhas experiências, que quando eu ia a outros planetas, eu não deslocava meu corpo astral pelo espaço (é muito longe), mas sim, criava/formava instantaneamente um corpo com os elementos do próprio planeta (é esquisito, devido nosso condicionamentos, ficar sem corpo)

            Por isso, compreendi que são nossas vibrações, vontades e pretensões que formam nosso corpo

            Procure entender que nossa consciência não se localiza em nenhum lugar, mas apenas É, e por isso pode se manifestar instantaneamente em qualquer lugar do Universo

            Quanto aos clones, penso que outras consciências se manifestam neles, de acordo com os interesses de cada consciência, semelhante ao que ocorre com irmãos gêmeos

    17. Eduardo disse:

      Olá
      Roberto perdi minha mãe há 51 dias, tenho sofrido muito a ausência dela, pois cuidava dela há muitos anos, duas coisas intrigantes aconteceu comigo, nos primeiros dias, sentindo um peso nas costas, o que sinto quando tenho a tal catalepsia, que já tive outras vezes sem ter conhecimento do que era, tinha acabado de dormir, a cama fica no canto, eu virado para parede, senti como se alguém tivesse alisando minha cabeça, quando abri o olho vi um braço por cima de mim querendo me abraçar, e acordei bem assustado,
      Roberto, será que foi um pesadelo ou uma visão no astral? e a outra, foi o sonho mais real que já tive na minha vida, muito lúcido, pois tive plena consciência que estava dormindo e tive medo de acordar e não conseguir conversar com minha mãe mas me mantive calmo, consegui conversar e me despedir, e acordei logo em seguida, e só ficou na minha mente as últimas palavras dela, tudo aconteceu como se fosse um reencontro, não vi nada a minha volta, sentamos numa cama, senti ela como se estivesse ali fisicamente, pude abraçá-la, beijá-la, Roberto, será que foi só um sonho? após esses acontecimentos busquei informações e encontrei seu site, até então tinha pouco conhecimento…

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Eduardo

        A percepção no astral pode acontecer em variados níveis de consciência, lucidez e desenvoltura

        Todos nós, saímos do corpo todas as noites, querendo ou não querendo

        Durante estas saídas, mantemos contato com pessoas e familiares desencarnados normalmente

        Algumas pessoas trazem para o físico a lembrança, outras não

        Pelo que você descreve, provavelmente você teve um encontro real com sua mãe

        • Eduardo disse:

          Roberto, geralmente meus sonhos são muito confusos, sem sentido, esse me senti totalmente consciente do início ao fim, um sonho totalmente ligado a minha realidade do momento, sabia que era um reencontro, e que apesar da cena real não fiquei eufórico, me mantive sereno, como se sentisse que do contrário iria acordar, e logo após o momento que ela se despediu dizendo que não sabia quando iria voltar a poder me ver, eu abri os olhos, será que o nosso cérebro pode nos pregar essa peça como meio de defesa, por estarmos muito abalados?

          • Roberto Pineda disse:

            Olá Eduardo

            Nossa consciência ESTÁ habituada com o ambiente astral

            Nosso cérebro físico NÃO está habituado

            Por isso, as vezes a pessoa fica surpresa de não ter estranhezas ou medo com algumas situações

            Isso ocorre porque as vezes a consciência está “dominando” a situação mais que o cérebro físico

            __________________________
            .

            Quanto aos sonhos, podem ser entendidos como uma “bagunça” (mistura) que o cérebro físico faz com coisas do físico e coisas do astral

            • Eduardo disse:

              Roberto, nossa energia no astral pode influenciar plantas? porque uma roseira que tenho na frente de casa, ficou cheio de rosas, 5, 6 dias depois que minha mãe partiu, porém nunca teve rosas bonitas, só uma ou outra, mas os botões nunca abriam, seja sincero, isso pode significar alguma coisa ou não tem nada a ver? obrigado Roberto.

              ________________________________
              .
              Roberto Pineda disse:

              07 de maio de 2013 as 20:47 hs

              Olá Eduardo

              Eu entendo que tudo o que existe é energia e que nossa consciência pode manipular a energia pois se constitui no nosso próprio ser

              Por isso, dependendo do entendimento da consciência, ela pode manipular coisas tanto no astral como também seus reflexos no físico

    18. Eduardo disse:

      Oi Roberto, me desculpe pelo extenso comentário, poderia me responder por e-mail? assisti seus vídeos e gostei, te agradeço, não se preocupe não irei te alugar com meus sentimentos pois não é do meu feitio, um abraço!

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Eduardo

        Não se preocupe com o tamanho do texto

        Eu procuro responder a todos os comentários, questionamentos e e-mails

        Entretanto, eu tenho muitas atividades no físico e por isso só posso responder dentro do meu tempo disponível, fazendo com que a resposta as vezes demore um pouquinho

    19. Estevan Borges Martins disse:

      Pineda, você acha que tem a possibilidade do nosso universo físico, não ser físico? Apenas uma ilusão, uma ilusão necessária para o inicio do entendimento da consciência universal.

    20. Estevan Borges Martins disse:

      Td bem Pineda?
      Isso me faz pensar que na verdade nada existe, apenas sensações criadas pela própria consciência universal, ou sejá tudo é criado dela e pra ela. É A própria consciência dando sentido a si mesmo.

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Estevan

        Procure entender também que chegará o dia em que teremos percepção do Universo inteiro, de todas as infinitas vivências de cada manifestação individualizada

    21. Eduardo disse:

      Olá Roberto
      hoje de madrugada fiquei no estado de catalepsia projetiva, e segui o que você disse de pensar em balouçar o corpo, tive uma sensação totalmente inesperada, jamais esperava esse efeito, comecei a me tremer todo rapidamente, parecia um choque elétrico, experiência inédita para mim, fiquei uns 8 segundos mais ou menos e decidir parar por achar que não estava preparado no momento para o que poderia vir, Roberto, o que poderia acontecer se eu continuasse?

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Eduardo

        Se continuasse com o processo, provavelmente você sairia do corpo de forma consciente

        Pelo jeito, o receio atrapalhou sua experiência

        No astral, não tenha receio de nada e continue suas experiências normalmente

    22. Dinho disse:

      mas se o cara está morto, e não sabe, quando ele tenta falar com os vivos que estão acordados de dia e não respondem e nem veem ele, aí ele vai saber que está morto.

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Dinho

        Se a pessoa tiver entendimento, ela percebe e aprende mais fácil

        Porém, há muitas pessoas que não sabem e ou não acreditam em vida espiritual no ambiente astral

        E aí a pessoa desencarnada pode passar muito tempo iludida, achando que ainda está aqui no físico e que as pessoas apenas a estão ignorando

        • Cristiano disse:

          Olá Pineda. Se não me engano esta situação já foi retratada no filme “Sexto Sentido” Realmente aquele que desencarna,sem o devido conhecimento,só vê apenas o que quer? É assim mesmo? Me pergunto porque as pessoas não percebem logo a ausência do físico? Se alguém me ignorasse eu a pegaria pelos ombros e a sacudiria. Saberia dizer qual é a percepção do astral para o desencarnado? Seria exatamente igual a vida física, tanto que não foi notada diferença.

          • Roberto Pineda disse:

            Olá Cristiano

            Sim, a pessoa só enxerga aquilo que ela quer ver
            É como se não existisse o que lhe causa estranheza/medo e ou como se auto-justificasse as divergências
            Se a pessoa quiser, a percepção pode ser igual a do físico

    23. Fabrício N. Ribeiro disse:

      Tenho 27 anos, moro em São Paulo. Quando criança, notei que nas madrugadas eu percebia barulho de passos. Era para lá e para cá. Foi muito perturbardor. Mas, na adolescência, isso tudo passou e acabei me tornando cético.Hoje, eu sou do tipo de pessoa que acredita vendo. Li quase todos os seus relatos e, certamente, não consigo acreditar totalmente neles. Tenho experiências desta natureza, mas não tão evidentes como as suas experiências. Se há projeções astrais, as minhas são rudimentares, pouco desenvolvidas. Não consigo distinguir, de maneira clara, o que é uma projeção do que é um sonho. Para mim, há muitas noites que vislumbramos coisas sem nexo, outras noites nos deparamos com “sonhos” bem realistícos. Apesar do seu relato, só posso acreditar, se eu vivenciar. No máximo, quem não vivenciou tais experiências, pode apenas imaginar. Não sei se vivenciarei ou se vivencio todos os dias, mas para mim agora a noite não passa de sonhos e mais sonhos. Gostei dos seus relatos, peço-lhes desculpa pela minha descrença – gostaria de acreditar, mas tenho a necessidade de vivenciar – tudo isso me soa ainda como algo fantasioso. Um dia a minha ideia estará mudada, mas por enquanto é esta que brotou em minha mente.
      Forte abraço e continuarei acompanhando seus relatos.

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Fabrício

        Eu entendo projeção como sendo apenas percepção

        Através de nossas próprias projeções podemos começar a investigar, descobrir e entender “o que somos nós e o quê é a realidade à nossa volta”

        Portanto, projeção não é uma coisa em que se acredita, mas sim, um fenômeno que a pessoa realiza por si própria, fazendo as próprias comprovações

        A melhor forma de comprovação, é observar, através da projeção, coisas e lugares que o cérebro físico não tinha como saber e depois comprova-los no físico

        “Sonhos” podem ser definidos com uma “lambança” (bagunça, mistura) que o cérebro físico faz de vivencias no astral com coisas do físico

        Na projeção você está lá, da mesma forma que está aqui no físico neste momento, podendo fazer o que quiser

    24. Alexandre disse:

      Olá Pineda, é impressão minha ou é cada vez maior o número de pessoas que aderem a viagem astral consciente!? Na sua opinião,se essa tendência continuar não poderia ela revolucionar o mundo, em um tempo futuro, guiando os novos passos da humanidade rumo a consciência universal?

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Alexandre

        Sim, está aumentando lentamente

        Sim, certamente vai revolucionar a humanidade

        Porém, poderia acontecer de forma mais rápida se a maioria das pessoas começassem a entender

    25. Cristiano disse:

      Pineda, o que dizer do medo do que existe no astral? Assisti um vídeo no youtube que me impressionou muito. A moça sai no astral e encontra um vampiro sugando algo de outra pessoa dormindo, e este a passa a persegui-la.
      É realmente assim? Você sair no astral e poder encontrar espiritos dentro de sua casa?

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Cristiano

        Basta evitar de entrar em sintonia com vampirizadores

        Eles são atraídos pelos vícios cultivados pelas pessoas aqui no físico, tentando se satisfazerem

        Basta manter bons pensamentos e sentimentos que os vampirizadores não se aproximam, pois eles não se sentem bem quando se aproximam de uma pessoa com boas vibrações

    26. Marcio Vidal disse:

      Boa noite Pineda,
      antes de saber que minha esposa estava grávida, tive um “sonho” em que encostava o rosto (carinho), em uma pessoa e não demorou muito descobrimos que estava grávida. Há pouco, me lembro de ter tido o mesmo “sonho” e agora minha filha esta grávida!! Será que tem alguma relação? Eu desconfiei de uma gravidez de alguem de perto, mas não de minha filha!!!

    27. tom disse:

      E como está o seu vizinho agora ?? Ele tomou consciência do ocorrido ??

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Tom

        Não o vi mais e nem entrei mais em sintonia com ele

        Para mim, isso é indicador de que ele despertou e não está mais preso as coisas do físico

        Geralmente quando uma consciência desperta, ela se torna livre para seguir suas vontades, vibrações e sintonias, ou seja, segue o que passa a sentir e perceber…

    28. augusto oliveira disse:

      ola senhor pineda gostaria que me respondesse uma pergunta que é um pouco tola mas que me intriga muito o que é a morte ? apenas um estado de espírito ? e tambem gostaria que me informasse se um ceifador é uma entidade ou lenda das pessoas obrigado

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Augusto

        Eu entendo que a morte é uma mudança do estado de manifestação da consciência, ou seja, a consciência abandona a manifestação no físico denso, que deixou de funcionar, passando a manifestar-se apenas no mais sutil

        Ceifador é apenas crendice

        Entretanto, umbralinos podem tentar tirar proveito de tais crendices, enganando e ou assustando os incautos

        • augusto oliveira disse:

          obrigado senhor pineda graças ao senhor consegui ter uma experiencia no astral com poca lucidez mas ja foi um grande passo obrigado

    29. Rafaela disse:

      Olá Roberto, aqui é a Rafaela, e eu estou aprendendo a me virar no astral..
      ontem eu estava no astral e estava num lugar muito lindo, tinha um tronco caído e varias arvores do lado, com muitas folhas verdes e uma estrada.. e eu pensei assim: “ei eu ja estive aqui” e então eu me toquei que na noite passada eu estava no astral e passei por aquele mesmo lugar e comecei a me lembrar.. então me dei conta que estava fora do corpo.. pois nunca tinha visto aquele lugar na vida.. tinha muito sol..
      Lembro me também que noite passada eu me vi sair do corpo.. acompanhei tudo e vi umas sombras ao meu lado.. e me toquei que eram aqueles espiritos que vemos quando estamos fora do corpo.. estava em meu quarto e via as tais sombras me rodeando morrendo de medo mas não perdi a minha fé.. continuava rezando:
      eu tenho Deus, eu tenho Deus. e eu vi tipo uma luz muito estranha na minha frente.. nao dava pra ver o que era era marrom e piscava.. parecia um extraterrestre..
      ‘-‘

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Rafaela

        No astral se torna bem mais fácil acessar nossa memória e lembrar de coisas que fizemos nos mínimos detalhes

        • Cristiano disse:

          Pineda. Aproveitando a pergunta da Rafaela, o que dizer daqueles momentos “Déjà vu” que você suspeita ter visto acontecer de forma igual?

          • Roberto Pineda disse:

            Olá Cristiano
            Geralmente impressões que a consciência transmite para o cérebro físico.
            Por exemplo, há muitos anos atrás, ao sair apressado da Galerias Sete de Abril em São Paulo, estava chovendo e eu tive um “Déjà vu”. Eu sabia com antecedência que um fusca vermelho ia esbarrar na minha calça e que atrás de mim, tinha uma mulher com uma sombrinha amarela. No mesmo instante aconteceram essas coisas. Ou seja, minha consciência previu/viu essas coisas e transmitiu ao meu cérebro, que entendeu tudo como se fossem memórias

    30. Rafaela disse:

      Doutor Roberto qual é o seu facebook se o senhor tiver?

    31. Flávio disse:

      Roberto! No caso do seu amigo, ele será levado para uma colônia ou ficará na sua própria casa “vagando”? Outra curiosidade: a Colônia Nosso Lar realmente existe? O senhor já esteve lá?

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Flávio

        Eu não vi mais ele por aqui e isso é um bom indicador

        Provavelmente ele despertou no astral e aí ele ganha autonomia para ir para onde quiser, sem depender de nada e de ninguém

        Ou então ele foi orientado por amigos espirituais

        Já estive em algumas colonias, porem, não tenho muito interesse por elas, pois geralmente são habitadas por consciências ainda muito presas aos condicionamentos do físico

    32. joyce disse:

      OLÁ LI SOBRE SEU RELATO DE PROJEÇÃO ASTRAL.DO ENCONTRO COM O VIZINHO QUE HAVIA DESENCARNADO, E ESSE FATO FOI EM 2013. ESTAMOS EM 2017 E VC FALOU QUE IA TENTAR,FAZER OUTRAS PROJEÇÕES PRA TENTAR ORIENTA-LO FIQUEI MUITO CURIOSA E GOSTARIA DE SABER SE DE FATO VC CONSEGUIU ENCONTRA-LO EM OUTRO PLANO.


    Observando o céu

       Esta noite (16/07/2017) observei que muitas pessoas no astral, ...

    Observando alieníge

     Hoje (08/07/2017) voltei de viagem e depois de dirigir ...

    Marido preso

        Hoje (17/06/2017) eu estava no astral quando fui ...

    Mudança rápida de

       Hoje (15/05/2017) eu estava projetado observando o movimento de ...

    Em um corpo tatuado

       Na segunda-feira (24/04/2017) eu estava projetado e entrei em ...