"O QUE É PROJEÇÃO ASTRAL?
Todas as noites, nossa consciência deixa de se manifestar no corpo físico e passa a se manifestar livremente num universo infinito de coisas fantásticas e maravilhosas... Habituada a esta situação, nossa consciência anseia por se libertar desligando-se instantaneamente de um cérebro físico preso a crendices, medos, condicionamentos e limitações Entretanto, quando a pessoa começa a se libertar de suas "barreiras" e a transcender a si mesma, também começa a ocorrer um fenômeno conhecido por diversos nomes: projeção astral, projeção da mente, desdobramento espiritual, projeção da consciência, sair consciente do corpo físico, experiência fora do corpo (EFC), viagem astral, etc. Porém, para mim, que vivencio este fenômeno todas as noites, passei a considerá-lo como um estado de "CONSCIÊNCIA EXPANDIDA", através do qual, posso pesquisar, investigar, analisar, realizar experiências, etc..."

Acompanhando Minha Esposa no Astral

Esta noite (05/11/2005) fui deitar-me as 02h57min e logo depois saí projetado e encontrei minha esposa

 

Ela parecia estar bem lúcida de sua situação no astral e agia como se estivesse habituada a tudo aquilo

 

Resolvi acompanhá-la para ver o que ela ia fazer durante a noite toda

 

Primeiramente ela resolveu ir ver nosso neto…

 

Encontramo-lo distraído brincando com muitas outras crianças num grande local de recreação e nem notou nossa presença

 

O ambiente assemelhava-se ao de uma escola comum, com professoras e ou pessoas responsáveis supervisionando e acompanhando tudo.

 

Ela conversava normalmente comigo e nosso entendimento era instantâneo e natural, pelos pensamentos.

 

Em nossas andanças acabamos indo parar junto aos muçulmanos. Parecia ser uma cidade de grande movimento e muitas construções. Muitos locais despertavam lembranças em minha esposa. Parecia que ela deliciava-se com estas lembranças e sentia-se perfeitamente a vontade

 

Em determinado momento, movida provavelmente por intuição, ela foi a um grande salão onde alguns muçulmanos parecia fazerem uma espécie de triagem em outros muçulmanos desencarnados.

 

Minha esposa dirigiu-se a um daqueles muçulmanos que faziam a triagem, como se fosse um velho amigo. Ele demonstrou grande alegria quando viu ela. Abraçou-a, fez uma festa, gritava emocionado.

 

Ela apresentou-me dizendo-lhe:

 

“Este é o meu marido…”.

 

E ele cumprimentou-me, abraçou-me. Observei que ele tinha um pedaço de metal enfiado no peito, indicando que talvez ele tenha sofrido os efeitos de uma explosão. Achei melhor não tocar no assunto com ele, pois parecia ainda muito atrelado aos hábitos e costumes (árabes) do físico. Outros vieram cumprimentar-nos.

 

É interessante observar como aquele povo parece ter as emoções “na flor da pele”, às vezes, alternando ruidosa manifestação de alegria com sisudez e tristeza.

 

Em determinado momento percebemos grande agitação e ruído… Saímos e vimos uma grande tempestade aproximando-se. Tinha umas nuvens pretas, mas não era só isto, parecia estar acontecendo um misto de furacão com terremoto. As pessoas corriam assustadas, tentando se proteger.

 

Mantive-me tranquilo. Eu havia percebido que ali havia uma espécie de grande cadastro e resolvi investigar

 

Outro muçulmano que aparentemente conhecia o local e também tentando aproveitar a oportunidade manuseava apressadamente um grande e grosso livro

 

Nosso entendimento foi rápido e instantâneo pelos pensamentos. Ele ajudou-me a encontrar dois registros das encarnações de minha esposa naquela região 

 

Ela permaneceu algum tempo em pé atrás de mim, porém, assustada logo foi embora, talvez “puxada” de volta para seu corpo físico. Não me preocupei com isto.

 

O grande livro que ficava em cima de uma mesa devia medir aproximadamente uns dois metros de comprimento. Ele era cheio de fotos que ao serem tocadas transpareciam o histórico da pessoa

 

Reconheci minha esposa numa das fotos facilmente, porém a outra eu não conseguia. Mesmo nas fotos as mulheres tinham um véu cobrindo-lhes os rostos e dificultava a identificação. Carecia de uma identificação mais atenta, com mais tempo. Eu estava curioso em descobrir como tinham sido aquelas duas encarnações de minha esposa, porém, a agitação a minha volta era cada vez maior e eu tive que ajudar aquelas pessoas.

 

Quando voltei para o físico, olhei no rádio relógio e marcava 09h35min.

 

Perguntei a minha esposa e ela disse ter a sensação de ter estado “numa grande agitação”, mas não se lembrava de e nem soube definir o que era.


Artigos Relacionados

  • » Um anjo no céu
  • » Leitos 6 e 7
  • » Estréia documentário "Voadores"
  • » Forno crematório
  • » O diabo no telefone
  • » Observando o céu
  • » Observando alienígena
  • » Marido preso
  • » Mudança rápida de ambiente
  • » Em um corpo tatuado
  • 2 Comentarios Até agora

    1. Jessica disse:

      Os “umbralinos” são mais limitados em relação a criação de coisas no astral e locomoção, do que os espíritos de um lugar mais evoluído ?

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Jessica

        Sim, são mais limitados devido suas vibrações densas e pouco entendimento

        Na medida em que uma consciência desenvolve o entendimento, passa a desfrutar de maior liberdade e desenvoltura


    Um anjo no céu

           Esta noite (08/10/2017) eu estava projetado dentro ...

    Leitos 6 e 7

       Esta noite (29/09/2017) adquiri consciência em plena atividade ...

    Estréia documentár

        Evento para convidados na estréia ontem (24/09/2017)  no ...

    Forno crematório

        Esta noite (04/09/2017) fui atraído pelas vibrações, sensações ...

    O diabo no telefone

         É interessante observar como, mesmo num ambiente onde ...