"O QUE É PROJEÇÃO ASTRAL?
Todas as noites, nossa consciência deixa de se manifestar no corpo físico e passa a se manifestar livremente num universo infinito de coisas fantásticas e maravilhosas... Habituada a esta situação, nossa consciência anseia por se libertar desligando-se instantaneamente de um cérebro físico preso a crendices, medos, condicionamentos e limitações Entretanto, quando a pessoa começa a se libertar de suas "barreiras" e a transcender a si mesma, também começa a ocorrer um fenômeno conhecido por diversos nomes: projeção astral, projeção da mente, desdobramento espiritual, projeção da consciência, sair consciente do corpo físico, experiência fora do corpo (EFC), viagem astral, etc. Porém, para mim, que vivencio este fenômeno todas as noites, passei a considerá-lo como um estado de "CONSCIÊNCIA EXPANDIDA", através do qual, posso pesquisar, investigar, analisar, realizar experiências, etc..."

A Grande Comunidade

Tenho visto com frequência as pessoas se questionarem sobre a realidade da reencarnação

 

Para isso usam dados evidentes:

 

População da Terra atual: estimada em aproximadamente 7 bilhões de pessoas

 

População da Terra no início da Era Cristã: estimada em aproximadamente 300 milhões de pessoas

 

De onde surgiu tanta gente (consciências) do passado para “ocupar” (se manifestar em) 6 bilhões de corpos físicos???

 

Pois bem, vou dar minha opinião sobre o assunto com base no que eu tenho observado através de minhas experiências…

 

Nossa consciência não é física, mas apenas se manifesta no físico.

 

Nossa consciência não se localiza em nenhum lugar, mas apenas É

 

Portanto, nossa consciência pode se manifestar, com extrema facilidade, em qualquer ponto do Universo.

 

Ou seja, para nossa consciência se manifestar (reencarnar) na Terra ou em qualquer outro planeta semelhante em qualquer ponto do Universo, é como ir daqui para ali

 

Percebem???

 

Não há necessidade de grandes naves ou “discos voadores” transportando coletivamente, grande numero de pessoas de um planeta para outro, como querem os delírios imaginativos de algumas pessoas encarnadas

 

Também não há necessidade (salvo exceções) de “grandes mestres” coordenando e dirigindo tudo… Julgando e determinando, quem vai para este ou aquele planeta.

 

Conforme pude observar em minhas experiências, há muitos planetas em condições semelhantes as da Terra, assim como há muitos planetas em que a vida física, não seria possível, entretanto há vida nesses planetas (e muita) em outros estados de sutilização.

 

Observem que mesmo na Terra há muitos estágios de manifestação, onde a consciência começa a ter noção de si mesma, através da vivência, da percepção da dor, da fome, da luz, do frio, do calor, etc, etc.

 

Observem também que a Terra comporta desde há muito, em estados primitivos ou não, físicos ou não, consciências indo e vindo (as vezes se manifestando na Terra, as vezes se retraindo para a condição que lhe é natural no astral)

 

Nossa consciência, quando em seu estado natural no astral, tem extrema facilidade de sentir, de perceber, de identificar, sentimentos, pensamentos, possibilidades, necessidades, em qualquer ponto do Universo.

 

Daí, fica fácil perceber/entender que o atual estágio da Terra, ao oferecer grandes possibilidades de informações e aprendizagens (muito diferente da era de capa e espada que durou tantos milênios), tornou-se muito atraente em termos de “salto evolutivo” para nossas consciências, atraindo grandes contingentes de manifestações físicas ou como queiram encarnações

 

Tenho observado nas regiões umbralinas que há consciências em muitos níveis de entendimento

 

Mesmo aqui no físico podemos observar que há desde pessoas lúcidas, compreensivas, de comportamento e condutas ilibados até pessoas cruéis, ignorantes, irresponsáveis, etc., o que de certa forma pode denotar suas diferentes origens e vivencias.

 

É notório observar que muitas consciências talvez estejam se manifestando na Terra pela primeira vez, porém, nada impede que muitas tenham rememorações/lembranças de outras vidas em muito semelhantes as que temos ou tivemos na Terra.

 

Não há estranheza também em muitas consciências guardarem a impressão de terem sido Cleópatras, Napoleões, Césares, etc…

 

Por exemplo, uma consciência em determinado momento pode observar/acompanhar uma personalidade famosa ou não e se identificar, assimilar, sentir, perceber os pensamentos, sentimentos, atitudes, problemas, dificuldades, etc., de tal forma que é como se a consciência fosse ou tivesse sido a própria personalidade famosa ou não e vivenciado tudo aquilo

 

No astral, a consciência age, cria, aprende, observa, percebe, vivencia, livremente…

 

É necessário entender que nossas consciências, estando encarnadas ou não, quando no astral, interagem ou podem interagir livre e instantaneamente com todas as outras constituindo como se fosse uma grande comunidade universal

 


Artigos Relacionados

  • » Um anjo no céu
  • » Leitos 6 e 7
  • » Estréia documentário "Voadores"
  • » Forno crematório
  • » O diabo no telefone
  • » Observando o céu
  • » Observando alienígena
  • » Marido preso
  • » Mudança rápida de ambiente
  • » Em um corpo tatuado
  • 14 Comentarios Até agora

    1. Olá, Roberto!
      Achei fascinante essa questão: se antigamente era 100 milhões ou 500 milhões de encarnados vivendo na Terra, então isso quer dizer que a maioria dos 6 ou 7 bilhões de encarnados atuais não estavam aqui naquela época. A não ser que ao longo dos séculos fosse sendo feito um revezamento entre as consciências. Bom tema para se pesquisar em diversas projeções astrais lúcidas.
      Quanto a sua explicação, lamento dizer que não consegui entender. Seria possível você explicar melhor?
      Você escreveu: “Observem também que a Terra comporta desde há muito, em estados primitivos ou não, físicos ou não, consciências (…)”. Você quis dizer que a Terra já teve consciências em estado não físico? Que tinham corpos sutis e não visíveis ao olho humano?
      Espero que você goste de pessoas que questionem, porque eu sou assim. Por exemplo, você afirmou: “(…) se identificar, assimilar, sentir, perceber os pensamentos, sentimentos, atitudes, problemas, dificuldades, etc., de tal forma que é como se a consciência fosse ou tivesse sido a própria personalidade famosa ou não (…)”. Creio que para ter a impressão de ter sido Cleópatra ou Hitler sem de fato ter sido, então essa consciência precisa ser meio (ou muito) primitiva, pois para um evoluído não haveria dúvidas nenhuma. O que me diz?

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Hildebrando

        “Consciências em estado não físico” são espíritos desencarnados

        Quando uma pessoa afirma achar que foi Cleópatras ou Napoleões, tanto pode ter sido realmente, como também podem ser simples impressões e ou rememorações de observações feitas em vivencias no astral e trazidas para o cérebro físico de forma imperfeita e ou imprecisa

    2. antonio disse:

      quando voce diz consciencia (parte divina, essencia)como entender a participação da mente (parte física, não divina), como elas se interagem.
      a mente sempre atrapalha, sempre se impõe.
      quando a consciencia se impõe, só quando há permissão
      do Ser

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Antonio

        O cérebro físico se impõe somente durante o período de vigília física

        Durante a noite, com o repouso do corpo físico, a consciência se liberta

        A projeção consiste em unir a percepção do cérebro físico com a consciência

    3. Alberto Correa disse:

      Prezado Roberto Pineda,

      Continuo não entendo por que há tantas pessoas que
      supostamente acreditam ter sido poderosos reis,
      celebridades, cientistas, etc.
      Este é um dos argumentos que os céticos levantam
      contra a reenacarnação.
      Será que isto se deve ao fato de a comunhão (de
      energias, informações, experiências pessoais,etc)
      ser muito mais mais forte no astral do que no mundo físico, gerando até mesmo uma confusão sobre a
      própria identidade pessoal, pois o cérebro físico
      registra de forma imperfeita as impressões astrais ?

      Ou haveria outro fator: nós termos “eus paralelos”,
      pedaços da nossa mesma alma habitando outros corpos,
      no mesmo universo ou em universos paralelos, conforme
      sugerem p. ex. os livros do projetor astral Robert
      Monroe ou do hipnólogo Michael Newton?

      De toda forma muito obrigado por sua atenção e por
      disponibilizar seus relatos gratuitamente na internet.

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Alberto

        Seria necessário analisar cada caso para discernir

        O simples fato de enxergar um rei do passado não significa necessariamente que aquela pessoa tenha sido aquele rei
        Pode ter sido apenas um servo, um soldado, um aldeão, um nobre, um visitante/convidado, um desencarnado que viu/sentiu/percebeu aquele rei, etc

    4. Daniel disse:

      Por que reencarnar? De que adianta se não lembramos das vidas passadas?

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Daniel

        Eu entendo que não lembramos das vidas passadas devido a densidade das vibrações do físico

        O físico é denso devido a imersão (manifestação) total que nossa consciência faz nele

        Entretanto, nossas vivências passadas constituem nossa personalidade

        Nossas intuições, nossos atos instintivos se fundamentam em nossas vivencias passadas

        Por isso, somos diferentes uns dos outros

        Por outro lado, na medida em formos sutilizando nossas vibrações, nossas percepções, inclusive de vidas passadas, também aumentam, em conjunto com nosso entendimento

    5. Rogerio disse:

      Olá,as vezes quando eu acordo não consigo me mexer,gritar nem mesmo engolir a saliva e respirar,no entanto eu me sinto consciente como sou quando acordado.

      Isso tem alguma coisa a ver com projeção,espirito,consciencia,etc?

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Rogerio

        Sim, o que você descreve é chamado de “Catalepsia Projetiva”

        É um fenômeno pré-projetivo

        Isso acontece devido a consciência já estar se manifestando parcialmente no corpo astral

        Aí pessoa tenta mexer o corpo físico e não consegue

        Geralmente devido a falta de entendimento do fenômeno, a pessoa entra em pânico e aí as coisas só se complicam

        Quando isso acontecer, mantenha a calma e inicie um suave balouçar com o corpo astral que você sai totalmente do corpo físico

    6. Tiago Barboza disse:

      Olá Roberto, espero que responda minhas perguntas… ja faz ums 2 anos que venho tendo “Catalepsia Projetiva”, ja estou me acostumando. mais nao consigo ter uma viagem astral (sair do corpo e sair voando pora ai) muitas vez eu vejo demonios gritando na minha cara.. ja perdi o medo desses seres. Me ajude por favor… esses seres sempre estao pertubando, eu fico paralizado, nao consigo e mexer e tento gritar mais sai uma voz fraquinha, sao demonios? existem mesmo os demonios? como posso vencelos e fazer minah viagem astral sem que eles esteham presentes?

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Tiago

        Procure sutilizar suas vibrações, que isso ajuda em muito no processo projetivo

        Isso também afasta naturalmente umbralinos e vampirizadores, pois não se sentem bem quando se aproximam de uma pessoa com boas vibrações

        Demônios e diabos não existem

        Existem os umbralinos, que são apenas consciências desencarnadas de pouco entendimento, com vibrações muito densas. Ficam perambulando entre físico e regiões umbralinas e por isso são chamados de umbralinos

        Também existem os vampirizadores, que são apenas consciências desencarnadas ainda muito atreladas aos vícios do físico

        Para sutilizar suas vibrações, procure desenvolver e manter uma constante (padrão vibratório) de bons pensamentos, sentimentos, atos, palavras e sintonias

    7. Alesi Silvestre disse:

      Sei que não tem muito a ver, mas, você teria algo a dissertar sobre dejavu? teria algo a ver com esse mistério de espaço-tempo curvo?

      • Roberto Pineda disse:

        Olá Alesi

        Eu entendo que “Déjà Vu” são percepções provenientes da nossa própria consciência

        Por isso, dá a impressão de ser algo já visto ou que já sabíamos

        Por exemplo, sua consciência percebe uma cena que está acontecendo atrás de você e transmite isso para seu cérebro

        Como tudo acontece de forma instantânea, você se vira e aí vê a cena, causando-lhe estranheza, dando-lhe a impressão daquilo já ter acontecido

        Já está cada dia mais próximo, o momento em que a humanidade de modo geral passará a compreender que nossa consciência não é física, mas apenas se manifesta no físico


    Um anjo no céu

           Esta noite (08/10/2017) eu estava projetado dentro ...

    Leitos 6 e 7

       Esta noite (29/09/2017) adquiri consciência em plena atividade ...

    Estréia documentár

        Evento para convidados na estréia ontem (24/09/2017)  no ...

    Forno crematório

        Esta noite (04/09/2017) fui atraído pelas vibrações, sensações ...

    O diabo no telefone

         É interessante observar como, mesmo num ambiente onde ...